Irôko ou Tempo – um orixá considerado raro

Irôko é um orixá cultuado no candomblé do Brasil pela nação Ketu e, como Loko, pela nação Jeje. Corresponderia ao Nkisi Tempo na Angola/Congo.

Orixá Irôko (Tempo)

No Brasil, Iroko é considerado um “orixá” e tratado como tal, principalmente nas casas tradicionais de nação ketu. É tido como orixá raro, ou seja, possui poucos filhos e raramente se vê Irôko manifestado.

Para alguns, possui fortes ligações com os orixá chamados Iji, de origem daomeana: Nanã, Obaluaiyê, Oxumarê. Para outros, está estreitamente ligado a Xangô. Seja num caso ou noutro, o culto a Irôko é cercado de cuidados, mistérios e muitas histórias.

O culto a Iroko é um dos mais populares na terra yorubá e as relações com esta divindade quase sempre se baseiam na troca: um pedido feito, quando atendido, sempre deve ser pago pois não se deve correr o risco de desagradar Iroko, pois ele costuma perseguir aqueles que lhe devem.

Culto a Irôko

Iroko está ligado à longevidade, à durabilidade das coisas e ao passar do tempo.

Dia da Semana: Terça-feira. Cores: Branco, Verde (ou Cinza) e Castanho Símbolo: Lança, Grelha Domínios: Tempo, Vida e Morte Saudação: Iroko ISó! Eeró!

Iroko ou Tempo, como também é conhecido, é um orixá muito antigo. Iroko foi à primeira árvore plantada e pela qual todos os restantes orixás desceram à Terra. Iroko é a própria representação da dimensão Tempo.

Em todas as reuniões dos orixás está sempre presente Iroko, calado num canto, anotando todas as decisões que implicam directamente na sua ação eterna.

É um orixá pouco conhecido dos seres vivos ou mortos, nascidos ou por nascer. Toda a criação está nos seus desígnios.

É o orixá Iroko, implacável e inexorável, que governa o Tempo e o espaço, que acompanha, e cobra, o cumprimento do karma de cada um de nós, determinando o início e o fim de tudo.

Correspondência de Irôko

Conhecido e respeitado na Mesopotâmia e Babilónia como Enki, o Leão Alado, que acompanha todos os seres do nascimento ao infinito; cultuado no Egipto como Anúbis, o deus Chacal que determina a caminhada infinita dos seres desde o nascimento até atravessar o Vale da Morte.

Também venerado como Teotihacan entre os Incas e Viracocha entre os Maias como o Senhor do Início e do Fim; também presente no Panteão Grego e Romano, onde era conhecido e respeitado como Cronus, o Senhor do Tempo e do Espaço, que abriga e conduz a todos inexoravelmente ao caminho da Eternidade.

Irôko no Brasil

No Brasil diz-se que Iroko habita a gameleira branca, (Ficus gomelleira ou Ficus doliaria (também chamada figueira-branca, guapoí, ibapoí, figueira-brava e gameleira-branca-de-purga). Nos terreiros, costuma-se manter uma dessas árvores como morada de Iroko, assinalada por um ‘ojá’ (laço de pano branco) ao seu redor.

Características dos filhos do Tempo (Iroko)

Os filhos de Iroko são tidos como eloquentes, ciumentos, camaradas, inteligentes, competentes, teimosos, turrões e generosos.

Gostam de diversão: dançar e cozinhar; comer e beber bem. Apaixonam-se com facilidade e gostam de liderar.

Dotados de senso de justiça, são amigos queridos, mas também podem ser inimigos terríveis, no entanto, reconciliam-se facilmente.

Um defeito grande, é o facto dos filhos de Iroko não conseguirem guardar segredos.

Fonte: Vitor de Umbará

Últimos posts no blog

Salve Senhora dos Navegantes! Salve Iemanjá!

Salve Nossa Senhora dos Navegantes – Salve Iemanjá

Dia 02 de fevereiro é dia de Iemanjá, sincretizada em Nossa Senhora dos Navegantes, protetoras dos pescadores, navegantes, e de todos aqueles que fazem do mar parte de sua vida.

LER

Caboclos: As linhas de caboclo de Oxóssi

Caboclos – As linhas de caboclo de Oxóssi

Caboclos: as linhas de caboclo de Oxóssi, deus da caça das matas são Urubatã, Araribóia, 7 Encruzilhadas, Peles-vermelhas, Tamoios, Guaranis e Jurema, sendo esta última a sua linha feminina.

LER

Okê Arô! Okê Arô! Okê Arô!

Okê Arô Okê Arô Okê Arô

Okê arô! Okê arô! Okê arô! Esta é a saudação a Oxóssi, ou Odé, orixá caçador que manifesta-se pela fauna e flora do planeta.  

LER

Dia de Oxóssi e São Sebastião em 20 de janeiro

Receba o axé de Oxóssi no Dia de São Sebastião

Receba o axé de Oxóssi no “Dia de São Sebastião” que trará a sua vida prosperidade e astúcia para vencer adversidades, além de crescimento espiritual.

LER

Oxóssi, a caça e a arte

Oxóssi – a caça e a arte

Oxóssi é guardião do sustento e das artes. Arqueiro de uma flexa só, certeira, está presente em todas as refeições e em todas as manifestações das artes.

LER

Trazemos hoje alguns dos nomes de Exús e Pombagiras mais comuns usados na Umbanda.

Nomes de Exús e Pombagiras

Trazemos hoje alguns dos nomes de Exús e Pombagiras mais comuns usados na Umbanda.

LER

A Estrela, A Cegonha e O Cachorro no Baralho Cigano - cada uma delas, combinada com um naipe, tem o seu significado único e preciso.

Estrela – Cegonha – Cachorro e o Baralho Cigano

A Estrela, A Cegonha e O Cachorro são as cartas 16, 17 e 18 do Baralho Cigano. Cada uma delas, combinada com um naipe, tem o seu significado único e preciso. A Estrela A décima sexta carta do baralho cigano traz consigo boa sorte, êxito, sucesso! Ela diz que é chegada a hora de confiarmos em nosso brilho pessoal. Esta […]

LER

Dia 20 de Janeiro homenageamos Oxóssi e São Sebastião

Dia de São Sebastião na Umbanda

“Dia de São Sebastião” em 20 de janeiro é também “Dia de Oxóssi” e “Dia da Consciência Indígena” sendo “Dia da Linha dos Caboclos na Umbanda”. Participe!

LER

O Caminho, O Rato e O Coração no Baralho Cigano - cada uma delas, combinada com um naipe, tem o seu significado único e preciso.

Caminho – Rato – Coração e o Baralho Cigano

O Caminho, O Rato e O Coração são as cartas 22, 23 e 24 do Baralho Cigano. Cada uma delas, combinada com um naipe, tem o seu significado único e preciso. O Caminho A vigésima segunda carta do baralho Cigano simboliza o Livre Arbítrio que coloca em nossas mãos a decisão e a responsabilidade por nossas escolhas. Esta responsabilidade é […]

LER

Oferenda a Exús e Pombagiras no primeiro dia 7 do ano

Oferenda no primeiro dia 7 do ano

Para agradar sua Pombagira ou Exú faça uma oferenda no primeiro dia 7 do ano e receba proteção contra feitiços e abertura para prosperidade em sua vida.

LER

Homenagem no primeiro dia 7 do ano a Exús e Pombagiras

Primeiro dia 7 do ano com Pombagiras e Exús

No primeiro dia 7 do ano, Pombagiras e Exús são as entidades homenageadas sendo as  mensageiras entre o mundo espiritual (Orum) e o terreno (Ayiê) .

LER

Oração Santos Reis

Oração aos Santos Reis – 06 janeiro

No dia 06 de janeiro termina para os católicos os festejos natalícios; sendo o dia em que são desarmados os presépios e árvores de natal e por conseguinte são retirados todos os enfeites natalícios. A visita dos Santos Reis A Bíblia diz que os Reis Magos chegaram a uma gruta de Belém guiados pela estrela-guia e viram o Menino Jesus com sua Mãe. Alí, […]

LER

Janeiro de 2016 na Umbanda

Janeiro 2016 na Umbanda

Janeiro abre o ano de 2016 com homenagens e eventos abertos para participação gratuita de todas as pessoas que desejarem prestar suas reverências e fazer seus pedidos. Aproveite! Dia 06 de janeiro Dia de Santos Reis – O dia de desmontar a árvore de natal para os católicos é o Dia dos Santos Reis, data que marca a veneração dos magos ao […]

LER

Poema Falado - Flor à Iemanjá

Poema Falado – Flor à Iemanjá

Poema Falado – Flor à Iemanjá   Já sabe qual é o seu orixá de cabeça? Para descobrir seus orixás regentes e suas entidades de proteção faça hoje mesmo uma consulta com Mãe Makena e aprenda a cultuar seusorixás e trazer mais prosperidade, felicidade, saúde e amor a sua vida. Saiba mais sobre Iemanjá Página do site “Raízes Espirituais” dedicada […]

LER

Iemanjá

Ofertar, Salve Iemanjá

Ofertar, Salve Iemanjá Primeiro sábado do ano! Dia de Ofertar a Iemanjá, pedir pelo ano que se inicia e agradecer pelo ano que se passou! Lindo vídeo da prefeitura de Salvador mostrando os devotos da Rainha do Mar. Odô iá!   Já sabe qual é o seu orixá de cabeça? Para descobrir seus orixás regentes e suas entidades de proteção […]

LER