Oxumaré

Oxumaré a cobra/arco-íris,  orixá masculino, símbolo da continuidade e da permanência. Representa a riqueza e a fortuna. Rege o príncipio da multiplicidade da vida, transcurso de múltiplos e variados destinos.

Oxumaré é filho de Nanã e Oxalufã.

Oxumaré é filho de Nanã e Oxalufã.

É o segundo filho de Nanã, irmão de gêmeo de Ewá e Omolú/Obaluaiê seu irmão mais velho, e Ossaim seu irmão mais novo, que são vinculados ao mistério da morte e do renascimento.

Pode ser representado pela serpente que morde a própria cauda. Por isso seus filhos usam colares de búzios entrelaçados formando as escamas de uma serpente que tem o nome de Brajá, usam também o Lagdigbá como Nanã e Omolú.

Ele é o senhor de tudo que é alongado. O cordão umbilical que está sob o seu controle, é enterrado, geralmente com a placenta, sob uma palmeira que se torna propriedade do recém-nascido, cuja saúde dependerá da boa conservação dessa árvore.

Sincretismo Religioso

Pelo sincretismo Oxumaré está ligado a São Bartolomeu, homenageado dia 24 de agosto

Pelo sincretismo Oxumaré está ligado a São Bartolomeu, homenageado dia 24 de agosto

Oxumarê é sincretizado com São Bartolomeu.

Segundo fontes históricas, São Bartolomeu teria pregado o cristianismo até na Índia.

Outra tradição diz que o apóstolo morreu por esfolamento em Albanópolis, atual Derbent, Cáucaso, a mando do governador, tanto que na Capela Sistina ele é pintado segurando a própria pele na mão esquerda e na outra o instrumento de seu suplício, um alfange.

Homenageado pela igreja católica no dia 24 de Agosto.

Características dos filhos de Oxumaré

Seus filhos, assim como conta a lenda de Oxumarê, em sua maioria no início passam por muitas dificuldades, quase miseráveis, porém mais tarde, dando a grande volta em seu caminho, se tornando ricos, poderosos, e muitas vezes orgulhosos.

Porém, nunca se negam a ajudar quando alguém realmente precisa deles. E não raro, é ver um filho de Oxumaré se desfazer de algo seu, em favor dos necessitados, com a maior facilidade, contrapondo seu estado de orgulho e ostentação, a exibir sua riqueza. Nessa fase estão no arco-íris, a fase mais doce e sincera que possuem.

São pessoas de temperamento fácil de se lidar estando calmas, porém; se tornam terríveis quando com raiva, representando nesse estado a serpente, que vem trazendo o lado negativo de Oxumaré, o seu lado mais perigoso, que é a falsidade e a perversidade.

São pessoas pacientes e obstinadas na luta pelos seus objectivos e não medem sacrifícios para alcançá-los.

Tudo muda em suas vidas: os amigos, os romances, as cidades que moram. Gostam de mudanças e quando a fazem, se tronam radicais.

Podem desenvolver a bissexualidade, pois faz parte da característica deste orixá, que é 6 meses homem e 6 meses mulher, não que seus filhos tenham os dois sexos, mas que podem gostar e sentir atração por homem e mulher, de forma natural.

A filha de Oxumaré é do tipo mulher fatal,  adora badalações, festas, jóias e tudo que é caro. Descontraída e muito divertida, sempre com alto astral  ela vive em movimento constante. Qualquer prazer a diverte e por isto mesmo conquistar uma filha deste orixá é tarefa difícil. Geralmente são pessoas muito livres, não suportam serem controladas e não sentem o menor ciúme do parceiro.

Já os homens filhos do Oxumaré são fascinantes, aqueles que todos cobiçam em uma festa, mas são difíceis de conquistar. Sabem que marcam presença, discutem sobre qualquer assunto muito bem. Pelo sexo que é possível prender os filhos desse orixá que são muito livres e não gostam de parceiras ciumentas.

Homenagem anual dia 24 de Agosto

Homenagem anual dia 24 de Agosto

Culto a Oxumaré

Oxumaré-Bessém – O orixá da riqueza representado pelo arco-íris e pela cobra

  • Saudação: Arroboboi Oxumarê!
  • Cores: amarelo e verde, cores do arco-iris
  • Dia da semana: Terça-feira
  • Fios de conta e guias: brajá, lagdigbá
  • Comida: “Cobra” feita de batata-doce amassada e banana-figo frita em azeite doce.

Como você pode participar das oferendas ao orixá Oxumaré?

Participe juntando-se a nossa grande corrente tornando os trabalhos espirituais ainda mais poderosos no dia 24 de Agosto.

Quem desejar participar gratuitamente deve enviar pedidos para serem anexados na“Oferenda da Casa” que é feita dia 24 de agosto por Mãe Makena na “Oferenda a Oxumaré”.

Você deve enviar por e-mail o nome completo e sua data de nascimento e descrever em poucas palavras a graça que deseja alcançar. Em seguida faremos a impressão de seu pedido e ele irá acompanhar as oferendas que Mãe Makena faz neste dia.

Mas se você desejar fazer sua própria oferenda ao orixá Oxumaré;  deve enviar e-mail informando seu desejo de participar com oferendas particulares que não são gratuitas.

Oferecemos a comodidade de entregar seus trabalhos espirituais particulares segundo as regras e fundamentos de umbanda e compartilhar as graças do orixá Oxumaré.

Participe de nossas comemorações!