Quem foi a Cigana Esmeralda? Conheça um pouco da sua história

A história da Cigana Esmeralda é sem dúvida uma das mais belas e emocionantes historia de amor envolvendo uma cigana. Esmeralda vivia na Espanha e fazia parte do clã de Tarin.

Cigana lindíssima de cabelos castanhos bem claros e comprido que lhe caiam aos ombros. Tinha olhos verdes esmeralda, sorriso alegre e contagiante.

Esmeralda praticamente vivia da dança e para a dança. Aos domingos se dirigia à praça da cidade de Toledo onde encantava a todos com sua dança, ganhando assim muitas moedas que lhe eram atiradas pelo público.

Numa dessas apresentações, Esmeralda conheceu um rapaz muito belo de nome Don. Felipe. Era um fidalgo de família riquíssima e que vivia em um castelo naquela localidade. O encantamento foi mútuo e se apaixonaram. Logo começaram a ter uma vida praticamente juntos.

A princípio, Don Filipe passou a frequentar o acampamento de Esmeralda, mesmo a contragosto do “barô” Luthchero e a mãe de Esmeralda, a cigana Tânia. Por parte de Don Felipe, era impossível a aproximação de Esmeralda no castelo, visto que sua família o proibia de fazê-lo. Esses desajustes foram aumentando gradativamente até que veio o rompimento da união.

Esmeralda ficou arrasada, já não ia à praça dançar e logo descobriu estar grávida. Na esperança de ter seu amado de volta, Esmeralda vai ao castelo e conta a Don Felipe da gravidez. Nada muda na decisão do fidalgo. Esmeralda volta para o acampamento arrasada, e assim fica até o nascimento de sua filha, uma linda ciganinha.

Mais uma vez, tentando sensibilizar D. Felipe, Esmeralda o procura e dá a notícia do nascimento de sua filha. Mais uma vez, de nada valeu. O fidalgo a expulsa.

Desesperada e cheia de ódio, Esmeralda volta ao acampamento e contrata dois ciganos para matar D.Felipe. Os mesmos partem para executar o trabalho contratado. Luthchero e Tânia tomam conhecimento da tragédia preparada por Esmeralda e aconselham para que ela evite tal tragédia.

Caindo em si, Esmeralda vê a desgraça preparada por ela e corre para salvar seu grande amor. Esmeralda chega ao jardim do palácio e vê os dois ciganos prontos para desferir o golpe mortal, corre então Esmeralda e sê põe à frente do punhal. O golpe certeiro atinge o coração de Esmeralda que cai, esvaindo-se em sangue.

Tânia vem logo a seguir e toma Esmeralda nos braços pedindo ajuda a Luthchero, mas já era tarde. Esmeralda só tem tempo de pedir a Luthchero que cuide de sua filha a ciganinha, Eleodora, e morre. Esta cigana, na Umbanda, é protetora da fartura de alimentos. É feiticeira de comida, das que fazem feitiços que são comidos, para vários tipos de objetivos.

Viajou por toda a Europa, aprendendo pratos e aperfeiçoando suas magias. As magias de Esmeralda são duradouras e, quando no terreiro, geralmente tem banquete, que por vezes é ela mesma quem faz. Exímia usuária de tachos e facas, com as quais destrincha, corta e cozinha. Para ela não pode faltar uma colher de pau e uma faca afiada com bainha, que carrega em sua bolsa para o caso de precisão.

É festeira, risonha, matrona, mandona e não aceita “não” como resposta. Grande doceira da magia cigana, é perigosa e deve ser tratada com muito amor e cuidado.

SAIBA MAIS

Prosperidade com ajuda da Pombagira Cigana – Prosperidade é o que todos nós queremos depois de boa saúde, pois este conjunto de conquistas, com amor, é a base para erguermos e fortificarmos nossa felicidade no mundo material, pelo qual estamos de passagem.

Como descobrir minha Pombagira e Exú? – Como fazer para descobrir minha Pombagira e Exú Regentes na Umbanda? Se você tem dúvidas sobre isso esse é o momento de tira-las!

Pombagiras e os trabalhos espirituais contra vícios – Pombagiras são entidades experientes e ajudam demais nos tratamentos contra vícios em geral. Pedir seu auxílio nessas questões pode fazer diferença na vida.