Mediunidade (parte1): saiba o que é e quais são os principais sinais

Neste primeiro artigo sobre a mediunidade, vamos tentar definir o que é mediunidade e quais os principais sinais de que somos médiuns.

A mediunidade é a comunicação entre o mundo espiritual e o mundo material, ou, ainda, entre os espíritos (desencarnados) e as pessoas encarnadas, ainda vivas.

Pode também ser definida como a capacidade que a nossa alma (uma forma de energia) tem de se conectar com outras formas de energias não físicas.

Apesar de disseminada pela maioria das sociedades ao longo da história humana, foi somente a partir do século XIX que a mediunidade começou a ser objeto de intensa investigação científica.

Embora não provada através da ciência, a mediunidade é corroborada por diversas doutrinas e correntes espiritualistas, sendo parte das raízes greco-romanas e judaico-cristãs da sociedade ocidental, bem como das orientais, como no hinduísmo e no budismo tibetano.

COMO SABER SE SOU MÉDIUM? CONHEÇA ALGUNS SINAIS

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a própria mediunidade, no entanto é possível dizer que todos temos algum nível de mediunidade; mas ela pode se manifestar de diferentes maneiras e diferentes graus, não somente através da incorporação (quando um espírito, ou entidade, se utiliza do corpo físico de uma pessoa viva para se comunicar de alguma forma). Alguns do sinais mais comuns são (há várias outras formas de manifestação da mediunidade; estas são apenas algumas mais comuns):

  • Intuição sobre pessoas, coisas ou fatos, que mais tarde se revelam certas;
  • Sonhos reveladores, que de certa forma conduzem suas atitudes para novos caminho, de prevenção de problemas ou de melhores resultados em todas as áreas da sua vida ou que preveem algo que acontecerá depois;
  • Sonhos durante os quais você sente que tem o controle de suas ações;
  • Sentir calafrios e arrepios em ambientes e situações específicas ou perto de determinadas pessoas, pode ser um indicador de sensibilidade ao mundo espiritual;
  •  Sentir-se extremamente pesado e cansado, sem motivo aparente; em ambientes específicos ou perto de pessoas específicas, longe dos quais você começa a sentir-se melhor;
  • Sentir que está sendo vigiado ou observado, mesmo quando tem certeza de estar sozinho;
  • Ouvir vozes ou sons, ou escutar alguém lhe chamando;
  • Ver vultos sem motivo aparente;
  • etc..

SEI QUE SOU MÉDIUM. o QUE FAZER?

Embora seja muito discutida na atualidade, a mediunidade e o espiritismo ainda são um tabu para muitos que não conseguem crer naquilo que não podem ver; ou que têm medo extremo do desconhecido e, apesar de terem diversos sinais de sua mediunidade, fogem do seu dom. A mediunidade não escolhe religião, raça ou condição social. Ela é divina, universal. O médium é uma ponte entre vivos e espíritos, e experimentam fenômenos que desafiam até a ciência.

É por isso que ela aflora. A mediunidade não faz milagres, não concede poderes especiais, nem é fonte de todo o conhecimento. Os espíritos encarnados e os desencarnados envolvidos no processo mediúnico só conhecem alguma coisa na medida de suas experiências e de suas vivências. Quando a mediunidade aparece, geralmente isso é um sinal; dizendo que está na hora de evoluir espiritualmente e chegou o momento de se tornar útil para o universo.

Se você já sentiu ou sente a mediunidade aflorando em sua alma e sente que deve desenvolvê-la; é preciso buscar conhecimento, estudar bastante, ter certeza de sua intenção. E se possível encontrar pessoas e locais confiáveis (templos religiosos ou grupos de estudo, por exemplo); que lhe auxiliem nessa caminhada de luz.

MEDIUNIDADE E ORIENTAÇÃO ESPIRITUAL

Na Umbanda nem todos são médiuns, nem todos “viram no santo”, como se diz. Mas alguns incorporam espíritos e, tanto nós temos a aprender com estes espíritos, quanto eles têm a aprender nos ajudando.

Jogo de Búzios do site “Raízes Espirituais”

Devemos sempre refletir e buscar as respostas dentro de nós mesmos. Pois o contato coma a sabedoria de Deus acontece por nossas orações. Mas se as respostas estão muito difíceis para você compreender, faça uma consulta para receber uma orientação espiritual.

Saiba seguir a sua intuição mas também procurar ajuda quando necessário, conte com a experiência de uma experiente Mãe de Santo como Mãe Makena, pois ela está aqui a serviço dos orixás e do bem, sempre pronta a ajudar aqueles que precisam de orientação espiritual.

A ajuda de uma mãe de santo é como o colo de um amigo. Que coloca aquela gotinha que faltava para as respostas transbordarem!

SAIBA MAIS

O que é Umbanda? – A Umbanda é uma religião que cultua espíritos diversos e orixás; tendo portas abertas a encarnados e desencarnados de qualquer origem visando ajudar todos.

Do Candomblé à Umbanda – O Candomblé foi um conjunto de cultos a diferentes orixás trazidos de vários locais da África, reunidos no Brasil, e que mais tarde daria origem a Umbanda.