Saiba tudo sobre Iemanjá, deusa muito popular no Brasil. A “Rainha do Mar” é homenageada em 02 de fevereiro na Umbanda, dia de Nossa Senhora dos Navegantes.

Tudo sobre Iemanjá: quem é ela?

Iemanjá é uma divindade africana feminina, muito cultuada nas religiões de matriz africana, como Candomblé e Umbanda, e suas diversas nações, diferentes vertentes.

Conhecida pelos mais diversos nomes e codinomes como, Inaê, Ísis, Janaína, Mucunã, Princesa de Aiocá, Princesa do Mar, Rainha do Mar, Sereia do Mar, Rainha das águas salgadas, Mãe de todas as cabeças, Mãe das Mães, etc..

A “Rainha dos Mares” é considerada a padroeira dos pescadores, pois seus devotos acreditam que é ela quem decide o destino de todos aqueles que entram em suas águas.

Todos os anos no reveillon, milhares de pessoas, de todos os credos e religiões, se vestem de branco e invadem as praias de todo o país levando suas flores e outras oferendas a Iemanjá, rogando à deusa dos mares que ano novo venha com fartura, prosperidade, paz e amor.

Seu nome, Iemanjá, tem origem no idioma africano, Yorubá, mais especificamente no termo: “Yèyé Omo Ejá”, o qual significa “mãe dos filhos-peixe”.

Segundo as lendas, Iemanjá é mãe de grande grande parte dos orixás tendo como esposos ora Oxalá, ora Odudua.

Por isso; é considera uma das grandes mães do panteão africano, pois além de criar todos os seus filhos, também criou Omulú/Obaluaê, rejeitado por sua mãe Nanã, ainda bebê.

Tornou-se uma das principais orixás regentes da fecundidade, da maternidade, da criação dos filhos e da harmonia das famílias.

Tudo sobre Iemanjá e seu culto

Durante a semana, o culto à Iemanjá é realizado aos sábados e seu dia anual de comemoração, homenagens e entrega de oferendas se dá no dia 2 de fevereiro, mesmo dia em que se comemora o dia de Nossa Senhora dos Navegantes.

Apesar de não ser um dia oficial de Iemanjá, esta Orixá é tradicionalmente homenageada em 31 de dezembro, na virada ano, com pedidos de que o ano que chega venha com muita paz, prosperidade, amor e caminhos abertos.

As cores das guias e das vestes de Iemanjá variam muito de casa para casa, nas diferentes nações de Umbanda e Candomblé e também quanto às diferentes qualidades deste orixá.

Pode ter guias de cor branca (transparente), azul clara leitosa, ou verde clara transparente.

As vestes da “Rainha do Mar” podem variar em diversos tons de azul, branco ou prata.

Já as velas oferecidas a Iemanjá costumam ser branca ou azul clara. Algumas casas gostam também de velas prateadas.

A saudação mais comum a Iemanjá é Odoiá!, mas pode-se encontrar também saudações como Odociabá!; Odô Fiabá!; Erù-Iyá!.

As ferramentas comumente associadas a Iemanjá são o abebê prateado (leque com espelho) e, às vezes, também, uma espada, a depender da qualidade de Iemanjá.

Suas energias poderosas reinam em elementos como as águas do mar, as praias, pérolas, conchas, corais e toda a vida marinha.

Seus domínios abarcam as áreas da  inteligência; dos estudos; maternidade; gravidez, relações familiares, vida financeira; equilíbrio emocional; saúde mental e psicológica

Dentre as principais plantas usadas em trabalhos e rituais para Iemanjá, pode-se citar:

  • colônia,
  • pata de Vaca,
  • embaúba,
  • jarrinha,
  • rama de leite,
  • lágrima de nossa senhora,
  • araçá da praia,
  • flor de laranjeira,
  • guabiroba,
  • jasmim,
  • jasmim de cabo,
  • jequitibá rosa,
  • malva branca,
  • marianinha,
  • musgo marinho,
  • rosa branca,
  • copo de leite.

Os animais normalmente ofertados à senhora dos mares são a pata branca, peixes de água salgada, cabra branca ou galinha branca

Quando se deseja fazer uma oferenda a Iemanjá nos terreiros, as mais comuns são à base de arroz ou um manjar de coco ou o Debô (comida feita com canjica) enfeitados com rosas brancas, uvas verdes, côco ralado e claras em neve.

Iemanjá e a Maternidade – Da concepção a criação dos filhos

A orixá Iemanjá e a maternidade são inseparáveis. Mãe de quase todos os orixás, ela representa o aspecto maternal possessivo e dominador das mães severas.

Iemanjá e a Maternidade

A doce yabá, conhecida por “Rainha do Mar” tem grande domínio sobre a maternidade.

Desde a concepção até a criação dos filhos, Iemanjá é a mãe fértil e orgulhosa de sua grande grande prole.

Iemanjá nunca abandona os filhos, e ainda criou o filho de Nanã; o orixá Obaluaiê.

Por estas razões; muitas mulheres procuram na Umbanda, a ajuda espiritual de Iemanjá para engravidar.

Iemanjá e a Linha das Águas da Umbanda sempre vem em socorro daqueles que desejam formar uma família.

Trabalhos espirituais ligados à maternidade

Muitos trabalhos espirituais podem ser feitos para Iemanjá com relação a maternidade, veja uma lista com alguns deles.

  • tratamento espiritual para casos de infertilidade feminina ou masculina;
  • dificuldade de engravidar por infecções no colo do útero, cistos nos ovários, endometriose, distúrbios hormonais, etc;
  • problemas com abortos espontâneos;
  • dificuldade de engravidar devido a idade, etc.

Trabalhos espirituais ligados a criação dos filhos

Mas Iemanjá não ajuda apenas na concepção e gravidez, seu domínio estende-se muito além disso.

Falange de Iemanjá trabalha espiritualmente outros aspectos ligados também a criação dos filhos.

  • ajuda em casos de adoção de filhos;
  • ajuda a resolver disputas sobre paternidade na justiça;
  • problemas relativos aos direitos dos filhos na justiça;
  • divergências sobre a educação dos filhos;
  • disputas de guarda de filhos;
  • rivalidades entre filhos de outros casamentos, etc.

Linha das Águas e suas Falanges

Muitas Casas de Umbanda perderam através do tempo, o culto a Linha das Águas e; com ela, os cultos a Falange dos Marinheiros, a Falange dos Caboclos do Mar, e a Falange das Calungas do Mar.

No entanto, nesta mesma Linha das Águas, encontramos outras Falanges, chefiadas por diferentes orixás.

Temos a Falange das Ondinas, chefiada por Nanã; a Falange das Sereias e Caboclos dos Rios; chefiadas por Oxum.

Todas essas Falanges de Umbanda, importantíssimas dentro da Linha das Águas; são muito pouco cultuadas hoje em dia.

Marinheiros Caboclos e Calungas do Mar

Marinheiros, Caboclos e Calungas do Mar são Falanges da Linha das Águas de Iemanjá, cujos espíritos tiveram encarnações ligadas a vida no mar.

As Falanges dos Marinheiros e Caboclos do Mar são muito extensas e variadas, compreendendo os próprios Marinheiros; e como o mais conhecido deles, chamado Martim Pescador.

Mas a Falange dos Marinheiros contém também Capitães do Mar, Pescadores, Piratas, Mestres, e os Marujos.

A Falange dos Caboclos do Mar também é bastante variada, e tem o seu representante mais conhecido; o Caboclos Beira-Mar.

Falange das Calungas dos Mar ou Exús e Pombagiras do Mar são distintas das Falanges mais conhecidas de Exús e Pombagiras ligados ao elemento terra, que atuam em encruzilhadas, por exemplo.

A Falange das Calungas do Mar tem nomes conhecidos como Pombagira do Cais, Exú da Praia, etc.

As Falanges dos Marinheiros Caboclos e Calungas do Mar são muito atuantes no mês Dezembro e Fevereiro, pois vibram na energia da orixá que as chefia, Iemanjá.

A Falange de Iemanjá e seus trabalhos

Vários são os trabalhos espirituais da Falange de Iemanjá. Podem ser oferecidos diretamente à “Rainha do Mar” ou às entidades que atuam em sua falange.

Os trabalhos espirituais na Falange de Iemanjá podem ser feitos para diversas finalidades.

Toda a Falange carrega grande força espiritual, com a energia especial das águas do mar.

Sabemos que Iemanjá tem poder sobre diversas áreas e atividades humanas.

Mas; a Falange de Iemanjá realmente tem especial impacto sobre questões familiares e profissionais.

casamento, a maternidade, a criação dos filhos são os principais domínios espirituais de Iemanjá.

Por esta razão; muitas pessoas com problemas familiares recorrem a Iemanjá e sua Falange.

Obviamente; Iemanjá tem outros domínios, como grande mãe e “Rainha dos Mares”.

Sua falange tem grande influência sobre o comércio, as línguas, e; os relacionamentos sociais e profissionais estão sob sua guarda.

Principais trabalhos espirituais na Falange de Iemanjá

  • disputas de heranças na justiça;
  • organização e crescimento de empresas;
  • crescimento financeiro ou aumento de vendas em comércios e negócios em geral;
  • resolver problemas para engravidar;
  • mudar de emprego, encontrar um emprego;
  • resolver problemas com divórcios ou separações litigiosas;
  • crises na criação de filhos, relacionadas a comportamento ou saúde;
  • afasta interferência de terceiros nos relacionamentos familiares;
  • grande ajuda em mudanças de país, cidade, moradia, etc;
  • harmoniza casos de violência doméstica ou brigas constantes entre o casal;
  • quebras de feitiços de todos os tipos que afetem a vida familiar ou o relacionamento do casal;
  • ajuda a resolver disputas sobre paternidade na justiça;
  • partilhas de bens insatisfatórias ou injustas;
  • problemas relativos a direitos dos filhos na justiça;
  • casos de abandono de lar;
  • divergências sobre a educação dos filhos;
  • rivalidades no amor com envolvimento de um dos parceiros com outra pessoa;
  • disputas de guarda de filhos;
  • ações na justiça relativas a relacionamentos homoafetivos;
  • problemas com visitas e pensão depois do divórcio;
  • separações repentinas, geralmente motivadas por feitiços de separação do casal;
  • outros problemas específicos que podem estar prejudicando a convivência familiar, etc.

Adoçamento de Iemanjá – Uma bênção para os casais

“Adoçamento de Iemanjá” refere-se a uma série de oferendas a esta orixá, que tratam diferentes aspectos em conflito na espiritualidade de um casal.

Quando o casal encontra dificuldades para firmar o relacionamento, mas; ainda sim percebemos que se tratam de pessoas apaixonadas, a ajuda espiritual é de grande valia.

Como funciona o “Adoçamento de Iemanjá”?

trabalho espiritual de “Adoçamento de Iemanjá” age vinculando espiritualmente os amantes, que assim; criam um laço espiritual mais profundo entre eles.

Relacionamentos com dificuldades em firmarem-se, quando tratados espiritualmente através do adoçamento; experimentam um aprofundamento dos vínculos afetivos, pois tornam-se mais abertos a buscarem pela harmonia cotidiana.

Os relacionamentos que sofrem com discórdias frequentes beneficiam-se com o adoçamento, pois; acalmam os ânimos e realizam o banimento das energias negativas que provocam as brigas de casal constantes.

Você tem dúvidas sobre o relacionamento?

Vale fazer uma consulta aos Búzios para avaliar a sua situação, pois os conflitos e desentendimentos em um relacionamento podem estar sendo motivados por feitiços de separação do casal, por exemplo.

Quando uma mãe de santo faz uma avaliação no Jogo de Búzios das condições cármicas de um casal, o oráculo revela o nível de afinidade e compatibilidade espiritual daqueles amantes.

Dessa forma; a mãe de santo pode avaliar que tipo de tratamento espiritual o casal necessita, e; saber se é indicado fazer o “Adoçamento de Iemanjá”, obtendo uma estimativa de tempo para o captar os benefícios desta poderosa magia de amor da Umbanda.

Adoçamento de Iemanjá pode prejudicar sua vida espiritualmente?

A resposta é não. Nenhum orixá prejudica a vida das pessoas, e; nem ajuda a unir aquilo que não é destinado a você.

Orixás trabalham no plano espiritual para nos orientar e conduzir a uma vida melhor, e não o contrário!

Quando você realiza um “Adoçamento de Iemanjá”, essa orixá influencia o casal com sua magia de amor poderosa e, essa energia conduz a harmonização dos aspectos negativos daquela relação.

“Adoçamento de Iemanjá” abre um canal energético positivo entre os amantes, propiciado por Iemanjá e a Linha das Águas.

Esse canal energético, que não existia antes; passa a filtrar as energias negativas dentro relacionamento, resultando em harmonização do convívio e maior aproximação entre o casal ao longo do tempo.

E essa ajuda espiritual, que beneficia seu relacionamento amoroso, jamais vai trazer consequências negativas a você ou ao seu amor.

“Adoçamento de Iemanjá” é um trabalho espiritual na linha branca da Umbanda, ou seja; feito sem sacrifícios animais, e só trabalha com entidades evoluídas do plano superior.

Trabalhos espirituais da Falange de Iemanjá para todos os fins

Casos onde um dos parceiros desaparece de repente, podem ser tratados com a ajuda de Marinheiros e Caboclos do Mar, que trazem o amor de volta.

Falange de Iemanjá possibilita a volta de pessoas ao convívio familiar, mesmo para aqueles que estão separados a muito tempo.

Os Pretos e Pretas Velhas da Falange de Iemanjá são especialistas em cura de doenças e tratamentos da energia negativa no ambiente familiar.

Pretas Velhas de Iemanjá tratam empresas também, e; promovem crescimento financeiro pessoal ou expansão nos negócios com maestria.

Algumas Caboclas de Iemanjá são muito eficazes para direcionar a criação dos filhos, auxiliando em desentendimentos com adolescentes; por exemplo.

orientação espiritual das Caboclas de Iemanjá pode conduzir os filhos a melhor desempenho nos estudos, passar em concursos e vestibulares.

A família que enfrenta problemas de feitiços de separação de casais, pode recorrer a Falange de Iemanjá para trazer o amor de volta.

Os Exús e Pombagiras da Falange de Iemanjá vão quebrar macumba lançada contra seu relacionamento.

E com as oferendas específicas a Iemanjá você vai estabelecer a harmonia no relacionamento novamente.

Características dos filhos de Iemanjá

Gostam de luxo, muitas vezes sem exageros, e de conforto.

Dominam o plano emocional da vida sendo, em vários momentos, chantagistas emocionais ou extremamente habilidosos em manipulação, mas nem sempre para propósitos ruins.

Relacionar com um filho da orixá Iemanjá pode ser uma delícia temperada com esporádicos e intensos problemas.

Mesmo sendo a figura materna que é, quando comparada às outras divindades africanas, Iemanjá é extremamente simples.

Maternais, os filhos da orixá Iemanjá, de ambos os sexos; são muito protetores e tendem a querer cuidar de problemas dos outros como se fossem seus próprios.

Sua conquista é assim, como a onda que vem até nós mas se arrasta devagar quando volta ao mar e, se nos distraímos, como os grãos de areia, discretamente vamos junto.

Os filhos da orixá Iemanjá são mais sábios e nos dizem verdades que não queremos ouvir, mesmo sabendo que precisamos, e os menos maduros, não deixam de ser espertos e nos forçam a vasculhar nossos mais profundos sentimentos para conquistar seus favores.

O rostinho de pessoa amorosa e querida esconde um dominador nato. Um filho de Iemanjá gosta de ter o comando das relações, dominar discussões e ter sempre razão. Esse tipo de temperamento acaba por sufocar as pessoas que ama.

São extremamente protetoras, decididas e obstinadas, ciumentas e possessivas.

Apesar disso, são mulheres calmas, de fala mansa e serena. Gostam de estar sempre rodeadas de pessoas, sejam amigos ou familiares.

Dedicam-se por inteiro àqueles que amam, por vezes até esquecem de si mesmas.

Sincretismo de Iemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes

O sincretismo de Iemanjá está a ligado a diversas Nossas Senhoras que representam Nossa Senhora dos Navegantes, homenageada em 02 de Fevereiro na Umbanda.

Neste dia a “Rainha do Mar” que vem nos presentear com a fartura, força espiritual e o axé dos mares.

Não é a toa que Iemanjá é uma das mais populares orixás da Umbanda.

Ela é conhecida por harmonizar relacionamentos, ajudar as mulheres a engravidarem e trazer riquezas e fartura aos seus filhos.

Mas; nem sempre Iemanjá pôde ser cultuada livremente, e no período da escravidão no Brasil, ela foi sincretizada a figuras católicas, principalmente com Nossa Senhora dos Navegantes.

Quem é Nossa Senhora dos Navegantes?

O culto à Nossa Senhora dos Navegantes vem desde a Idade Média, quando a Virgem Mãe de Jesus possuía o título “Estrela do Mar”.

Nesse período histórico das Cruzadas, ocorreu a Guerra Santa, onde os europeus enviaram tropas à Palestina para recuperarem a liberdade de acesso dos cristãos à Jerusalém, e durou do século XI ao XIV.

Posteriormente; o Culto a Nossa Senhora dos Navegantes tomou fôlego no século XV, período das grandes navegações européias.

Os Cruzados continuaram a invocavam a Nossa Senhora como “Estrela do Mar”, pois era conhecida por proteger os navegantes, indicando um porto seguro para seu retorno ao lar.

Os navegantes como Pedro Alvares Cabral, primeiro a trazer a imagem de Nossa Senhora da Boa Esperança ao Brasil; viam Nossa Senhora como grande protetora dos perigos dos mares e dos rios.

Assim; faziam pedidos a Virgem Maria para proteção e indicação de um caminho seguro de retorno ao lar, após enfrentar os desafios dos oceanos.

Sabemos que não existem várias “Nossas Senhoras”. Só existe uma “Nossa Senhora” e Ela é única mãe de Cristo.

Os vários títulos e nomes atribuídos a Virgem Santíssima são relativos a aparições de Maria, ou de dogmas que representam a fé na Mãe de Jesus dentro da Igreja Católica.

Sincretismo de Iemanjá com outras Nossas Senhoras

Dessa forma; a associação de Iemanjá se dá com as várias Nossas Senhoras, especialmente:

  • Nossa Senhora da Boa Esperança;
  • Nossa Senhora da Boa Viagem;
  • Nossa Senhora das Candeias

Esses são outros nomes atribuídos também a Nossa Senhora dos Navegantes e estão todas ligadas ao sincretismo de Iemanjá.

Oração a Nossa Senhora dos Navegantes

Ó Nossa Senhora dos Navegantes, Mãe de Deus criador do céu, da terra, dos rios, lagos e mares; protegei-me em todas as minhas viagens.

Que ventos, tempestades, borrascas, raios e ressacas, não perturbem a minha embarcação e que monstro nenhum, nem incidentes imprevistos causem alteração e atraso à minha viagem, nem me desviem da rota traçada.

Virgem Maria, Senhora dos Navegantes, minha vida é a travessia de um mar furioso.

As tentações, os fracassos e as desilusões são ondas impetuosas que ameaçam afundar minha frágil embarcação no abismo do desânimo e do desespero.

Nossa Senhora dos Navegantes, nas horas de perigo eu penso em vós e o medo desaparece; o ânimo e a disposição de lutar e de vencer tornam a me fortalecer.

Com a vossa proteção e a bênção de vosso Filho, a embarcação da minha vida há de ancorar segura e tranquila no porto da eternidade.

Nossa Senhora dos Navegantes, rogai por nós!

Orações

1. Oração aos Marinheiros, Caboclos e Calungas do Mar

“Saravá Marinheiros, Caboclos e Calungas do Mar!

Venho pedir que levem para os mares o olho gordo que afetou minha vida.

Levem para os mares a escassez e a instabilidade financeira.

Com Vossa boa energia, a fartura dos oceanos vai entrar em minha vida.

Com Vossa bênção, tenho a certeza que vou encontrar a bússola do meu destino e ser feliz no amor.

Com Vossa intervenção em meus caminhos, nunca mais ficarei à deriva nos mares da vida.

Peço que inundem meu espírito com Vossa energia, para que eu atravesse com segurança, as tempestades nos mares da vida.

Peço a Iemanjá, Patrona da Linha das Águas que chefia a Falange dos Marinheiros, Caboclos e Calungas do Mar que abençoe meu espírito. 

Saravá Iemanjá ! Odoyá, Rainha do Mar!

Iluminem como um farol os meus caminhos, para que eu encontre vitórias em minhas batalhas.

Saravá Marinheiros, Caboclos e Calungas do Mar!

2. Oração a Rainha do Mar e às Caboclas da Umbanda

“Salve Iemanjá, “Rainha do Mar”, e Mãe de todos os que navegam nos mares profundos e misteriosos da vida!

Saravá Iemanjá; Odoyá !

Confio em vossa proteção, assim como nas “Caboclas do Mar”; para serem minhas guias protetoras, para confortar durante as tempestades da vida atribulada que levo.

Cubra e proteja, a mim e toda minha família; com vossa aura de prosperidade.

Seja minha guia, meu farol, minha estrela marinha divina, a orientar para que nunca falte rumo à rota segura, que desvie dos obstáculos do mar agitado da vida material.

Limpa minha mente, e deixa meu corpo sem os fluídos negativos que possam dificultar minhas atividades nos mares da vida.

Divina mãe protetora dos pescadores e que governa a humanidade, proteja minha vida.

Oh, doce Iemanjá, limpai minha aura!

És a força da natureza, linda deusa do amor, da maternidade e bondade.

Ajude a descarregar o corpo físico e espiritual de todas as impurezas, e; que a Vossa falange proteja minha saúde.

Que as ondas de Iemanjá levem para as profundezas do mar sagrado as aflições do dia-a-dia, dando a força para sepultar definitivamente; aquilo que cause dor.

E que em seu seio materno nos acolha e nos console.

Assim seja; Saravá Iemanjá! Odoyá!”

3. Oração a Iemanjá na Umbanda para começar bem o dia

Saravá Iemanjá; minha mãe, “Rainha do Mar“! Odoiá!

Venho pedir a Vossa proteção para este dia que começa.

Nessa Oração a Iemanjá na Umbanda; peço que proteja meu espírito, minha casa e meus entes queridos.

Como És “Protetora dos Navegantes“, que enfrentam as tormentas em alto mar, livre de qualquer demanda, olho gordo ou inveja lançada contra mim.

A “Mãe das Águas do Mar” peço que abençoe com a abundância dos mares; trazendo prosperidade e fartura a meus caminhos.

Que a harmonia e a paz da calmaria dos mares estejam no seio de todos os meus relacionamentos

Que as ondas do mar tragam as boas energias para lapidarem meu espírito; tornando-me um ser humano melhor, capaz de ajudar aqueles que necessitam.

E com Vossa luz; espero ser envolta para trazer a meu espírito e minha vida evolução.

Que nesta Oração a Iemanjá eu consiga as graças da “Rainha do Mar“, e tenha um dia abençoado.

Eu sinto a força dos mares, eu tenho o axé de Iemanjá.

Odoyá Iemanjá!

Saravá Todas as Caboclas do Mar!”

Nomes de Entidades da Linha das Águas de Iemanjá

1.1. Nomes de Marinheiros Caboclos e Calungas do Mar (masculinos e femininos)

  • Martin Pescador
  • Martin Negreiro
  • Marinheiro das Sete Praias
  • Marinheiro Mercador
  • Manoel Marujo
  • Manoel da Praia
  • João da Praia
  • João do Rio
  • João do Farol
  • João Marujo
  • Zé do Mar
  • Zé da Jangada
  • Zé do Bote
  • Zé do Cais
  • Zé Pescador
  • Zé da Proa
  • Caboclo Beira-Mar
  • Cabocla 7 Mares
  • Cabocla da Areia
  • Caboclo 7 Ondas
  • Cabocla 7 Cais
  • Dona 7 Praias
  • Luzia dos 7 Mares
  • Luzia do Cais
  • Maria do Farol
  • Luíza do Cais
  • Marina Pescadora
  • Cabocla Maria das 7 Ondas
  • Cabocla Janaína da Jangada
  • Cabocla Janaína Mercadora
  • Cabocla Tina do Cais
  • Cabocla Tina do Porto

1.2. Nomes de entidades da Falange da Calunga do Mar (femininos e masculinos)

  • João Pirata
  • João Caolho
  • Zé do Timão
  • Zé da Prancha
  • Capitão Baleia
  • Capitão Caveira
  • Seu Perna de Pau dos Sete Mares
  • Seu Terra à Vista
  • Pombagira do Cais
  • Pombagira 7 Mares
  • Pombagira Maria Navalha do Cais
  • Pombagira Maria do Cais
  • Pombagira 7 Saias da Praia
  • Pombagira da Praia
  • Pombagira do Mar

2. Nomes de Exús e Pombagiras da falange de Iemanjá

2.1. Pombagiras da Falange de Iemanjá

  • Pombagira Cigana Jade
  • Pombagira Cigana 7 Mares
  • Pombagira Rainha 7 Mares
  • Pombagira 7 Saias da Praia
  • Pombagira Maria da Praia
  • Pombagira Cigana Tamara
  • Pombagira Cigana Aurora
  • Pombagira Cigana Cristal
  • Pombagira Cigana do Cais
  • Pombagira Cigana do Porto
  • Pombagira Cigana Zaíra
  • Pombagira Cigana Tamara
  • Pombagira Cigana Menina
  • Pombagira Cigana Rainha
  • Pombagira Menina
  • Pombagira Cigana Menina
  • Pombagira Rainha do Porto
  • Pombagira Rainha Negra
  • Pombagira Rainha da Praia
  • Pombagira Rainha dos 7 Mares
  • Pombagira Rainha do Cais
  • Pombagira Rainha 7 Praias
  • Pombagira Rainha das Rosas
  • Pombagira Rainha do Cabaré
  • Pombagira Rosa Vermelha da Praia
  • Pombagira Rosa Negra da Praia
  • Pombagira Rosa Vermelha do Cais
  • Pombagira Rosa Negra do Cais
  • Pombagira Cigana 7 Mares
  • Pombagira Cigana 7 Ondas
  • Pombagira Cigana 7 Praias
  • Pombagira Maria Farrapo da Praia
  • Pombagira Maria Mulambo da Praia
  • Pombagira Maria Quitéria da Praia
  • Pombagira Maria Padilha da Praia

2. 2. Exús da Falange de Iemanjá

  • Exú Rei
  • Exú Mirim
  • Exú dos Mares
  • Exú Rei dos Mares
  • Exú Cigano Ramires
  • Exú dos 7 Mares
  • Exú do Cais
  • Exú da Praia
  • Exú Menino
  • Exú Rei do Cais
  • Exú Rei da Praia
  • Exú das Ondas
  • Exú 7 Ondas
  • Exú Cigano Ramon
  • Exú Rei da Capa Preta
  • Exú Cigano Juarez
  • Exú Desmancha Tudo
  • Exú Lalú
  • Exú Cigano Vladimir
  • Exú Cigano Pablo
  • Exú Meia Noite
  • Exú Cigano
  • Exú 7 Chaves
  • Exú 7 Giras
  • Exú 7 Luas
  • Exú Tranca Gira
  • Exú Tranca Tudo
  • Exú Giramundo
  • Exú Trava Tudo
  • Exú Rei da Gira

Banhos de ervas na Linha de Iemanjá

1 – Banho de Iemanjá para abrir os caminhos no amor

Você vai precisar de:

  • Folhas de Pata de Vaca;
  • Folhas de Tapete de Oxalá (boldo);
  • Mel;
  • 3 Rosas Brancas;
  • Perfume de alfazema;
  • Uma bacia.

Passo-a-passo:

  • Lave as folhas e as pétalas das rosas uma a uma;
  • Coloque tudo em uma bacia com água;
  • Macere as folhas e as pétalas, esfregando uma na outra, pensando positivamente em seu objetivos;
  • Acrescente 8 gotas do perfume;
  • Tome seu banho normal e depois despeje a mistura da cabeça para baixo. Firme seu pensamentos nos seus pedidos e louve a Mãe Iemanjá: Odoyá!!!;
  • Após o banho, use roupas claras e tente ficar em um ambiente mais calmo pelo menos 24 horas.

2 – Banho de Iemanjá para fazer um pedido especial

Você vai precisar de:

  • 1 punhado da erva colônia;
  • 1 punhado de flores de jasmim;
  • 7 pétalas de rosa branca;
  • 1 punhado de flores de alfazema;
  • 1 punhado das flores e folhas de oriri;
  • 1 punhado das flores e folhas de pata de vaca;
  • 3 litros de água;
  • Uma panela;
  • Uma bacia ou balde;
  • Uma colher de pau.

Passo-a-passo:

  • Coloque os 3 litros de água para ferver;
  • Adicione todas folhas e flores;
  • Com a colher da pau, misture por 5 minutos em sentido horário (tem necessariamente que ser nesse sentido, é só copiar o sentido de rotação do relógio);
  • Depois, tampe a panela e deixe descansando durante 3 horas;
  • Após esse período, coe a mistura e despeje em uma bacia;
  • Tome um banho normalmente, já mentalizando atrair energias positivas;
  • Por fim, despeje a água do banho de Iemanjá da cabeça aos pés, firmando o pensamento em seus desejos e agradecendo a Mãe de todas as cabeças pela proteção.

3 – Banho de Iemanjá com rosas brancas, purificador e calmante, para crianças agitadas demais

Este banho de Iemanjá com rosas para crianças é um ótimo e eficiente purificador. Os banhos comuns para descarrego ( com sal grosso, fumo, cachaça) não costumam ser recomendados a crianças por serem muito pesados, arriscando causar mais problemas com as crianças do que solucionar.

Os banhos de limpeza são os mais indicados para as crianças, pois utilizam ervas mais brandas e pétalas de rosas para purificar a aura da criança contra energias negativas, feitiços enviados contra a família, agitação excessiva ou mesmo agressividade.

Você vai precisar de:

  • 1 litro de água;
  • um punhado de pétalas de rosas brancas.

Passo-a-passo:

  • Colocar a água (1 litro) para ferver;
  • Após a fervura, desligue o fogo e jogue as pétalas de rosa e abafe o recipiente (as pétalas das rosas são muito delicadas e não podem ser fervidas);
  • Depois retirar a tampa, coar e deixar esfriar até o momento de tomar o banho;
  • Dar um banho de asseio normal na criança e ao final jogar o banho de rosas do pescoço para baixo.

OBS 1: Bebês de colo ou crianças muito novas, com menos de 02 anos, devem ser levadas para passes espirituais e não devem fazer uso de banhos de limpeza;

OBS 2: Nunca fazer banho de descarrego (sal grosso, cachaça, fumo, alimentos) em crianças;

OBS 3: Nunca aplicar o banho de limpeza ou banho de rosas quente ou morno. Deve ser sempre o mais frio possível, em temperatura ambiente. Nunca guardar o banho ou usar geladeira para resfriar mais rápido ou conservar para usar outro dia.

Simpatias na linha de Iemanjá e sua falange das águas

1- Simpatia de Iemanjá para abrir caminhos e não faltar dinheiro

Infalível simpatia de Iemanjá para abrir caminhos. Ideal para quem está precisando de um auxílio da Mãe dos Mares para melhorar sua situação financeira, ter dinheiro e caminhos abertos durante todo o ano.

Você vai precisar de:

  • Uma roupa toda branca (pode ser uma peça única, tipo vestido, ou duas peças);
  • 7 punhados de arroz cru;
  • pétalas de uma rosa branca;
  • 7 moedas correntes prateadas;
  • 3 borrifadas de um perfume seu (de seu uso diário);
  • 1 litro de água do mar (se você não mora no litoral, pode pedir a a alguém para lhe trazer a água do mar numa garrafa) ou um litro de água comum com 7 colheres de sal grosso;
  • um prato branco de louça;
  • uma vela de sete dias azul clara ou branca.

Passo-a-passo:

  • Comece vestindo suas roupas brancas;
  • se não conseguir a água do mar, prepare a água com sal grosso e reserve em uma garrafa pet ou outro recipiente com tampa;
  • coloque o arroz no fundo do prato e espalhe-o uniformemente;
  • distribua as moedas sobre o arroz;
  • espalhe as pétalas de rosa sobre as moedas e o arroz;
  • ao final, coloque um pouco da água salgada no prato, sem cobrir por completo o arroz e as pétalas;
  • borrife as pétalas com o perfume escolhido;
  • ao final acenda a vela e faça suas preces a Iemanjá reforçando seus pedidos;
  • Ponha esta simpatia em um altar ou outro local discreto de sua casa ou empresa, onde não fique à vista de todos;
  • reserve no recipiente com tampa o restante da água salgada;
  • a cada dia, enquanto a vela estiver acesa, ponha um pouco mais da água no prato, reforçando seus pedidos a Iemanjá;
  • quando a vela se apagar, pode despachar o conteúdo do prato e os restos da vela no lixo, pedindo para Iemanjá leve embora qualquer coisa que possa atrapalhar ou travar sua prosperidade;
  • o restante da água pode ser descartado na pia;
  • o prato pode ser reutilizado;
  • pode refazer esta simpatia, sempre que achar que algo ou alguém está interferindo negativamente em dua vida financeira;
  • OBS: nunca faça esta simpatia na Lua minguante.

2 – Simpatia especial de Iemanjá para você se sentir mais sensual

Esta simpatia especial de Iemanjá é uma magia poderosa para quem quer se sentir mais confiante e  e conseguir se sentir sensual e atraente, aumentando o seu poder de conquista.

Você vai precisar de:

  • 1 toalha de mesa branca;
  • 1 vela de 7 dias azul clara;
  • um copo cheio de leite;
  • uma pedra de cristal de quartzo branco/transparente;
  • 3 palitos de incenso (um de rosa branca, uma de lírio branco, um de cânfora);
  • pétalas de uma rosa branca;
  • um pires (qualquer tipo).

Passo-a-passo:

  • Em um espaço reservado de sua casa, monte um pequeno altar, usando a toalha branca e dispondo todos os materiais sobre a toalha, lembrando de pô a vela sobre o pires;
  • Vá mentalizando seus pedidos a Iemanjá enquanto monta o altar;
  • Coloque os incensos num recipiente adequado para que não sujem o altar;
  • Finalize a montagem do altar espalhando as pétalas de rosa entre os objetos do altar;
  • Montado o altar acenda a vela e os incensos;
  • Invoque Iemanjá, senhoras dos mares, dona de todas as cabeças, mãe por natureza, que lhe influencie e lhe ajude, com todo seu poder e sua energia, a alcançar seus objetivos. Que você conquiste a beleza desta linda Orixá e a leveza e a sensualidade das águas do mar e suas ondas.
  • Deixe a vela e os incensos queimarem até o fim;
  • Jogue os restos da vela no lixo;
  • Sopre os restos do incenso no vento mentalizando seus pedidos  a Iemanjá;
  • Guarde a pedra de cristal sempre com você ou na bolsa e nunca deixe de levá-lo quado for se encontrar com um/a pretendente;
  • Pode reaproveitar normalmente o copo, o pires e a toalha.

Defumação

1. Aprenda uma defumação de Iemanjá para harmonizar as energias em casa

Aprenda uma forte defumação de Iemanjá, para limpar as energias negativas de seu lar e harmonizar as relações entre você e seu cônjuge e entre seus familiares.

Você vai precisar de:

  • Um punhado de açúcar cristal;
  • Um punhado de alecrim seco;
  • Um punhado de mistura sagrada para Iemanjá (você encontra em casas especializadas em artigos de Umbanda);
  • Incenso de jasmim;
  • Uma vela comum branca ou azul clara;
  • Carvão vegetal o suficiente;
  • Um recipiente para defumar.

Passo-a-passo:

  • acenda as pedras de carvão no recipiente escolhido para defumação, até que fiquem em brasa;
  • Misture todos os ingredientes e vá jogando os punhados, aos poucos, no carvão (Despejar os ingredientes da defumação aos poucos, para não apagarem a brasa)
  • Quando começar a soltar fumaça do defumador, vá para os fundos de sua casa;
  • Começar a defumação pelos cômodos de trás do local e sair pela porta da frente ou finalizar pela porta de entrada da casa ou apartamento;
  • Ao final da defumação, deixe o defumador se apagar à porta de saída da residência;
  • Durante a defumação, vá fazendo seus pedidos à Mãe Iemanjá para obter limpeza das energias e harmonização nas relações familiares;
  • Finalizado o processo de defumação (não precisa esperar as brasas se apagarem), acenda a vela para Iemanjá num local mais discreto da casa e faça uma oração reforçando seus pedidos.

Como trabalha a Falange de Iemanjá?

Cada problema tem sua solução, e a ajuda espiritual da Linha das Águas na Umbanda vem em seu socorro, na medida da sua necessidade.

A Falange de Iemanjá é extensa, portanto; cada entidade trata melhor de determinado problema.

As Calungas do Mar, que são os espíritos de Exús e Pombagiras da Falange de Iemanjá são bastante atuantes na Umbanda.

Essas entidades tiveram ligação com o mar em encarnações passadas, e são excelentes espíritos para trabalhar quebrando diversas demandas.

Exús e Pombagiras da Falange de Iemanjá tem especial talento para afastar rivais de sua vida.

Assim fazem as entidades ligadas aos mares; elas arrastam os problemas para o fundo do oceano e jamais deixam que eles retornem.

Como são especialistas em levarem para o fundo do mar os problemas, são capazes também do contrário, ou seja; trazer fundo do mar as boas energias.

Precisando de ajuda espiritual?

Como você pode perceber; toda a Linha das Águas na Falange de Iemanjá, pode ajudar você que está atravessando problemas de todos os tipos.

A Umbanda é uma religião muito rica, e vai levar até sua vida a abundância dos mares de Iemanjá.

Das espumas do mar virá a boa energia que vai inundar sua vida, trazer harmonia a seus relacionamentos, e; resolver seus problemas econômicos.

Falange de Iemanjá vai atuar em sua vida trazendo a bênção dos mares a seus caminhos.

Seja qual for seu problema, a ajuda está nas entidades e orixás da Umbanda

Se deseja orientação espiritual, ou realizar trabalhos espirituais da Falange de Iemanjá ou qualquer outra linha da Umbanda, procure-nos já!

Temos uma equipe preparada para atender e ajudar você a resolver seus problemas sob a luz da Umbanda.