Obá, orixá do Rio Obá ou rio Níger, primeira esposa de Xangô, identificada no jogo de búzios pelo odú obeogundá.

Obá Orixá

Homenageada em 30 de maio
Homenageada em 30 de maio

Obá representa as águas revoltas dos rios. As pororocas, as águas fortes, o lugar das corredeiras são considerados domínios de Obá.

Ela também controla o barro, água parada, lama, lodo e as enchentes. Trabalha junto com Nanã.

Representa também o aspecto masculino das mulheres (fisicamente) e a transformação dos alimentos de crus em cozidos.

É também a dona da roda. Orixá, embora feminina, energética, temida, e forte, considerada mais forte que muitos orixás masculinos, vencendo na luta Oxalá, Iansã, Oxumarê, e Exú.

Primeira esposa de Xangô

Obá foi a primeira mulher de Xangô.

Ao contrário do que muitos pensam, a lenda de que Obá cortou a orelha por causa da mentira de Oxum está incorreta na verdade, Obá apenas cortou sua orelha para provar seu amor a Xangô.

Quando manifestada, esconde o defeito com a mão.

Símbolos de Obá Orixá

Seus símbolos são espada, escudo, ofá e erukere.

Segundo suas lendas, Obá lutou contra inúmeros orixás, derrotando vários deles.

Obá teria derrotado Exú, Oxumarê, Omolú e Orunmilá, e tornou-se temida por todos os deuses, tendo sido derrotada apenas por Ogum e tornando assim sua esposa.

Ao lado de Ogum quando este foi enfrentar Xangô em batalha ela se encantou pelo opositor e abandonou a luta ao lado de Ogum, entregando-se a Xangô como mulher vivendo uma grande paixão.

Obá nunca havia visto alguém como Xangô, ela via nele tudo o que sonhava para si.

Existem algumas versões do grande encontro de Xangô e de Obá, em uma dessas versões ela é a líder de todas as mulheres e a rainha de Elekô, mas em todas, as evidências dizem que o amor entre os dois era desmedido e que nada ofuscava a relação dos dois, da união dos dois nasceu Opará, orixá confundida em alguns terreiros com a própria Oxum.

O lado esquerdo (Osì) sempre esteve relacionado à mulher e, por uma razão muito elementar, é o lado do coração.

Quando Obá é saudada como guardiã da esquerda, isso quer dizer que é a guardiã de todas as mulheres, aquela que compreende os sentimentos do coração.

Obá pensa com o coração, por isso dança sempre com a mão esquerda apontando para o lado esquerdo na altura da orelha.

Características dos filhos de Obá

Os filhos de Obá não tem muito jeito para se comunicar com as pessoas, chegam a ser duros e inflexíveis.

Têm dificuldade em ser gentis e estabelecer um canal de comunicação afectiva com os outros; às vezes são brutos e rudes afastando as pessoas.

Complexo de inferioridade

Isso deve-se ao fato de os filhos de Obá, na maioria das vezes, sofrerem um certo complexo de inferioridade achando que as pessoas que se aproximam querem tirar partido de alguma coisa.

De facto; isso tende a acontecer com os filhos de Obá.

A sinceridade fere

A sua sinceridade chega a ferir; expressam as suas opiniões, fazem críticas e acabam por magoar as pessoas, pois não se preocupam em ser agradáveis. Mas essa agressividade é puramente defensiva.

São bons companheiros e amigos fiéis, são ciumentos e possessivos no amor, por isso não têm muita sorte.

Quando apaixonados, nunca são senhores da relação, cedem em tudo, abdicam de todas as suas convicções.

Investem na profissão

Algumas vezes infelizes no amor, investem todas as suas cartas nas suas carreiras e, de entre as mulheres que se destacam profissionalmente numa sociedade machista, podem-se encontrar muitas filhas de Obá excelentes juizas, advogadas, comandando quartéis, etc.

Muitas vezes despertam a inveja dos seus inimigos e podem sofrer algumas emboscadas, por isso devem vencer a tendência que possuem para a ingenuidade.

Sincretismo da Orixá Obá

Dia de Santa Joana D’Arc, sincretizada com a orixá Obá, relembra a data quando Joana foi queimada viva em 30 de maio no ano de 1431, com apenas dezenove anos.

Em seu julgamento, Joana afirmou que desde os treze anos ouvia vozes divinas.

Segundo ela, a primeira vez que escutou a voz, ela vinha da direção da igreja e acompanhada de claridade e uma sensação de medo.

Dizia que às vezes não a entendia muito bem e que as ouvia duas ou três vezes por semana.

Entre as mensagens que ela entendeu estavam conselhos para frequentar a igreja, que deveria ir a Paris e que deveria levantar o domínio que havia na cidade de Orléans.

Posteriormente ela identificaria as vozes como sendo do arcanjo São Miguel, Santa Catarina de Alexandria e Santa Margarida de Antioquia.

Culto a Obá Orixá

Orixá Obá

Faça sua oração semanalmente a Obá clicando aqui.

  • Dia da semana: Quarta-feira
  • Cores: Marron raiado, Vermelho e Amarelo
  • Símbolos: Ofange (espada) e Escudo de Cobre, Ofá (arco e flecha)
  • Elementos: fogo e águas revoltas, pororocas
  • Domínios: Amor e Sucesso Profissional
  • Saudação: Obà Siré!

Obrigação Anual a Obá

Celebraremos Obá com homenagens em rituais do quais você pode participar.

Você deve entrar em contato por meio do formulário abaixo. Na mensagem, informe seu desejo de participar das oferendas a Obá

As taxas cobradas são diferenciadas devido aos materiais utilizados nas oferendas. Enviaremos maiores informações pelo seu email.

Já sabe quais orixás que acompanham você?

Descobrir seu orixá através do jogo de búzios
Jogo de Búzios orienta sobre os caminhos a serem seguidos espiritualmente

Para descobrir qual é o seu orixá e quais as entidades que lhe acompanham faça uma consulta ao Jogo de Búzios.

Entre em contato hoje mesmo!