Homenageados no dia de São Sebastião, em 20 de Janeiro, Oxóssi e a Linha dos Caboclos da Umbanda, são fonte de orgulho e reverência nos terreiros.

Tudo sobre Oxóssi, quem é ele?

Comemorado em 20 de janeiro junto com a Linha de Caboclos

O Orixá Oxóssi é um dos deuses do panteão africano mais conhecidos e cultuados pelas religiões afro-brasileiras.

Pode ser conhecido por diversos apelidos como: “Caçador de uma só flecha” ou “Rei de Kêtu”, ou ainda; pelos diferentes nomes que recebe em diferentes nações, como Odé e Mutakalambô

Além disso; Oxóssi é patrono da linha de Caboclos na Umbanda, poderosas entidades que trabalham em todas as frentes junto aos frequentadores das casas de axé.

Trabalham auxiliando desde proteção e limpeza espiritual, aos fortes trabalhos de cura e saúde, física, espiritual e mental; já que dominam o uso das matas e suas ervas

Oxóssi é o Orixá das matas, dos animais, da fartura de alimento e de caça. 

Oxóssi o Caçador

Como caçador que é, cuida de prover o alimento para todos, sempre afortunando os que o buscam. 

Seu conhecimento e seu modo de vida na natureza o torna um perfeito guerreiro e sábio. 

Ele está sempre em sintonia com o meio ambiente e é responsável, com base em seu conhecimento de território adquirido em suas caçadas, encontrar novos locais adequados à sobrevivência de seu povo, com a fartura de alimentos e água necessários. 

Rege o balanço de todo o eco sistema, até mesmo o cantar dos pássaros. 

Esse Orixá é defensor de todos aqueles que lutam pela natureza e pelo seu sustento e de sua família.

Sempre representado com seu Ofá (arco e flecha) na mão, Oxóssi é considerado grande caçador e, por isso; cultuado como o Orixá da fartura, abundância e prosperidade, sendo muito procurado por quem deseja melhorias nessas áreas em sua vida. 

Muito ligado à natureza; ele enaltece e protege tudo que ela nos proporciona e sabe usar esses preciosos recursos sabiamente, conforme a necessidade. 

Domínio das plantas e matas

Junto com seus Caboclos, domina o uso das plantas e ervas de suas matas para proteção, limpeza e cura espiritual.

Oxóssi está ligado a tudo que é natural, inclusive dons como a dança, o canto e outras artes. 

Esse Orixá nos inspira a esperar sempre o lado positivo do mundo e buscar no mundo o que ele naturalmente nos oferece. 

Quem tem Oxóssi como protetor, ou quem o chama sempre em seu auxílio e proteção; também tem a tendência a ter muito amor por tudo o que naturalmente possui, e gosta de ter um tempo para relaxar e contemplar com paciência as maravilhas da natureza. 

Orixá da Inteligência

É considerado também o senhor da inteligência, do conhecimento, da sabedoria e da curiosidade.

O momento em que sua flecha atinge o alvo pode ser visto como uma alegoria do momento em que, mediante o estudo, o esforço, a dedicação e o merecimento, uma pessoa atinge o conhecimento almejado.

Por este motivo; é um dos orixás ligados ao campo do ensino, da cultura, da arte.

É muito procurado por quem deseja passar em concursos, se sair bem nos estudos, ou; deseja uma melhor posição em carreiras profissionais, seja na área da cultura, das artes ou em outras áreas que exijam constantes estudos e aperfeiçoamentos.

Dizem os mais antigos; que Oxóssi é o único orixá que conhece o segredo do mundo fora, os Funfuns e Onilé, pois quebrou todos os tabus do mundo, enada passa desapercebido por Oxóssi.

Oxóssi e o sincretismo

Dia 20 de Janeiro homenageamos Oxóssi e São Sebastião

Na Bahia, o sincretismo de Oxóssi se deu com São Jorge, fato compreensível, pois é o orixá da sobrevivência, da caça dos animais, da fartura, do sustento.

Já na região centro-sul do Brasil, o sincretismo desse orixá se deu com São Sebastião.

O dia de comemoração tanto de Oxóssi quanto de São Sebastião se dá em 20 de janeiro.

Segundo a história desse Santo, ele tentou, de diversas formas, motivar a fé cristã de prisioneiros torturados, mesmo ele fazendo parte do exército de perseguição romano, na época liderado pelo Imperador Diocleciano.

Essa atitude de fé, no entanto, o condenou à morte.

São Sebastião foi considerado traidor e executado com flechadas, mas não morreu, então foi condenado ao espancamento. Santa Luciana, ao encontrá-lo, limpou-o e sepultou-o.

Devido a façanha de sobreviver às várias flechadas, ele teve sua imagem associada ao Orixá Oxóssi, que possui a flecha como um de seus símbolos mais conhecidos.

Oração a São Sebastião

Tudo sobre Oxóssi e seu culto

  • Dia principal de culto: Quinta-feira
  • Comemoração Anual: Dia 20 de janeiro – Dia de Oxóssi e da Linha dos Caboclos
  • Cores das guias: Verde ou azul claro
  • Saudação: Okê Arô!!!
  • Velas: Verde, branca, bicolor verde e branca, azul clara
  • Símbolo: Ofá (arco e flecha), Damatá (flecha), Erukeré (cetro feito com pelos do rabo de touro)
  • Elemento: Terra, florestas, matas, campos cultiváveis, rios
  • Domínios: Fartura, abundância, prosperidade, riqueza, expansão do conhecimento, artes, saúde, proteção espiritual e material;
  • Plantas: goiabeira, pitanga, araçá, mexerica;
  • Animais: faisão, pavão, cabrito;
  • Oferendas: Axoxô (comida feita de milho com coco verde e melaço de cana), frutas variadas, princialmente goiaba e mexerica;
  • Bebida: Vinho tinto, jureminha, aluá;
  • Sincretismo: São Sebastião ou São Jorge (na Bahia)

Tudo sobre Oxóssi e as características de seus filhos 

Os filhos de Oxóssi são geralmente muito espontâneos, honestos e reservados, com o inconveniente de serem às vezes muito inconstantes no amor.

Os filhos do orixá Oxóssi são determinados  e diretos quando querem alguma coisa, pensam muito, calculam e respiram calmamente para acertar em cheio seu alvo, fazendo jus ao apelido de seu pai orixá: “arqueiro de uma flecha só”.

Também são atenciosos e cuidadores os filhos do orixá Oxóssi, que acompanham e auxiliam aqueles que estão aflitos ou doentes e não costumam pedir nada em troca, embora sintam, secretamente, a solidão da vida de um caçador silencioso.

Oxóssi não é só caçador; é conhecedor de segredos que os filhos do orixá Oxóssi conhecem como formas de cura, de consolo espiritual, jeitos de fazer as coisas acontecerem que, em geral, poucos conhecem.

Até eles próprios, muitas vezes; não sabem de onde vêm seus dons.

Na frente da “Linha dos Caboclos” da Umbanda, Oxóssi dá a seus filhos habilidades manuais, sensibilidade artística e destreza e, ainda que sejam bons guerreiros, não usam primordialmente da força bruta.

A luta dos filhos do orixá Oxóssi é a luta do cotidiano, do trabalho, da perseverança, da sobrevivência.

O sucesso e a gratidão são frutos que os filhos do orixá Oxóssi muitas vezes colhem calados.

Como Orixá do conhecimento, Oxóssi também costuma despertar em seus filhos uma grande vontade e capacidade de expandir sua busca pelo conhecimento.

Isso ocorre porque Oxóssi irradia constantemente energias positivas do raciocínio.

Isso não significa que os filhos de aqueles que têm o Orixá Oxóssi como regente serão mais inteligentes que os filhos de outros Orixás, mas que trará consigo o axé que sustentará a sua busca pelo conhecimento.

Quem são os Caboclos e Caboclas de Umbanda?

Quem são os Caboclos e as Caboclas da Umbanda?

Os Caboclos são espíritos de muita luz que assumem, normalmente, o arquétipo de “índios”. 

Foram em vida exímios caçadores ou pajés curandeiros e têm, por isso, profundo conhecimento das ervas e seus princípios ativos, e muitas vezes; suas receitas podem produzir curas inesperadas.

Linha dos Caboclos de maneira simplificada corresponde a um padrão vibratório pelo qual diversas falanges são atraídas, manifestando-se, assim, nos terreiros e promovendo auxílio aos encarnados e desencarnados.

Apesar de ser inquestionável o fato de que o Orixá Oxóssi é o sustentador dessa linha e rege todos os espíritos que por ela se atraem, emanando sobre todos eles a capacidade expansiva e de busca do conhecimento, bem como o mistério vegetal; é sabido também que cada falange pode ser comandada ou influenciada por um ou mais Orixás.

Um exemplo; seria o Caboclo Pena Branca, que apesar de ser regido por Oxóssi, recebe também fortes influências e energias de Oxalá. 

Como estavam aqui (Brasil) desde o início, os Caboclos conhecem bem tudo o que vem da terra e das matas brasileiras e nos trazem grande sabedoria espiritual, pois cultuam o equilíbrio através das forças da natureza.

Por esse motivo; costumam ser os melhores para trabalhar e ensinar a importância das ervas e dos alimentos vindos da terra, além de sua utilização é claro nos trabalhos de proteção, limpeza e cura espirituais.

Quais as áreas de atuação espiritual dos Caboclos

Como seres de luz que são, os Caboclos de Umbanda agem na direita, através da regência de Oxóssi.

Carregam a energia de grandes guerreiros ou curandeiros que procuram sempre na mata e em seus elementos, a melhor maneira de estabelecer os processos naturais de proteção espiritual, limpeza energética, além de cura espiritual, emocional e, em alguns casos, até mesmo cura física. 

Uma das principais características desses guias é o aconselhamento direto, com a indicação especialmente de banhos ou defumações com ervas. Eles também costumam aplicar os passes, pitando cachimbos ou charutos, dando baforadas na pessoa em atendimento que auxiliam nos processos de limpeza e proteção.

Como trabalham os Caboclos?

Os passes dados pelos Caboclos transmitem uma forte energia ligada à natureza de onde provém toda sua essência e sabedoria.

Ao ser atendido por Caboclos em uma gira; esteja preparado para respostas diretas e precisas, nem sempre de agrado dos que os procuram.

Poderá receber conselhos expõem seu verdadeiro “eu” de uma forma que nem mesmo você consegue enxergar, mas; isso é feito sempre no intuito de lhe encaminhar para o real sentido do que significa ser feliz e viver em harmonia com o ambiente e a sociedade, pois essa é a fonte de toda a sabedoria indígena. 

Os Caboclos costumam usar em suas indicações de trabalhos, ou nos atendimentos durante a gira, pembas, velas, essências, cristais, flores, ervas, frutas, água, penas, tranças e charutos.

Ajudam na vida material por meio de banhos, chás, e trabalhos de magia positiva, que limpam a nossa aura e proporcionam uma revitalização para que consigamos o objetivo que desejamos.

A magia praticada pelos Caboclos é sempre positiva e visa, principalmente, desfazer a magia negativa.

Caboclos, Boiadeiros e Baianos, entenda a diferença 

Todas essas entidades possuem algumas características em comum como o fato de serem tipicamente brasileiras e estarem intrinsecamente ligadas à natureza das regiões onde viviam quando estavam encarnadas, pois dela dependiam para se alimentar, se esconder, se curar, etc..

1 – Caboclos

Os Caboclos são nossos ancestrais indígenas ou mestiços de brancos com índios. São espíritos de muita luz e sabedoria que atuam nas giras, constituindo uma falange que perpassa diversas linhas e vibrações.

Na Umbanda são uma linha de entidades muito evoluídos e sérios e sábios.

São procurados principalmente pelos seus conselhos de sabedoria e seus passes poderosos.

Podem ser considerados uma linha de entidades guia-chefes dessa religião.

Saudação aos Caboclos: OKÊ CABOCLO!!!

2 – Boiadeiros

Boiadeiros são espíritos que se manifestam na Umbanda e fazem parte da Linha dos Caboclos, sendo uma linha mais recente de espíritos. 

Já conviveram mais com a modernidade do que os outros caboclos, que foram povos primitivos.

Em sua última encarnação conheceram invenções como roda, ferro, armas de fogo.

São os Vaqueiros, Boiadeiros, Laçadores, Peões, Tocadores de Viola

Saudações aos Boiadeiros: XETRUÁ!!! ; MARRUMBAXÊTU!!! ; XETUÁ BOIADEIRO!!!” ; “ÊH BOI!!! 

3 – Baianos

A Linha dos Baianos surgiu trazendo às giras antigos Pais e Mães de Santo da Bahia, que foram os primeiros a trabalhar para a preservação e a divulgação do culto aos Orixás. 

Bravos e irreverentes, os Baianos representam a força dos nordestinos que ficam à margem da sociedade, e que sofreram e aprenderam na “escola da vida” e, portanto, podem ajudar as pessoas.

Vem se tornando aos poucos uma linha de entidades de grande importância nas giras de todo o país, nos últimos anos.

Costumam aparecer em giras de caboclos ou de Pretos velhos e atuam em auxílio nos mais diversos casos, principalmente de limpeza e defesa contra cargas negativas.

Saudação aos Baianos: É DA BAHIA!!! 

Culto aos Caboclos

Essas entidades aceitam diversas oferendas, mas pode ser oferecido a qualquer Caboclo de Umbanda 

  • um copo de vinho tinto doce,
  • 1 vela verde ou branca,
  • 1 charuto de boa qualidade. 

Caboclos são cultuados às quintas-feiras preferencialmente. 

Você pode também fazer pedidos ou agradecer as graças recebidas em sua casa.

Para acender uma vela para seu Caboclo, mesmo que não saiba o nome da entidade, escolha um pequeno prato onde possa colocar a vela (pode ser usado novamente depois da queima da vela), e coloque ao lado do prato um copo de água cheio e do outro lado o copo de vinho tinto doce cheio.

Acender a vela e o charuto que pode ser colocado sobre o mesmo prato da vela e fazer seu pedido ou agradecimento.

Após a queima, caso reste algo da vela  e do charuto, pode descartar no lixo. Despeje o copo de água e o vinho na pia com a torneira aberta.

A vela pode ser acesa ao Caboclo em locais abertos, como áreas de serviço, salas e áreas sociais da casa ou apartamento. 

Não acender velas no banheiro. Pode ser em mesa comum ou móvel com altura sempre abaixo da cabeça.

Da mesma forma, cultuam-se Boiadeiros e Baianos, diferenciando-se apenas a bebida a ser servida.

Alguns Boiadeiros gostam do vinho tinto doce, no entanto outros aceitam apenas cerveja ou jureminha.

Já os Baianos podem também aceitar o vinho tinto ou preferir bebidas mais regionais e amargas como o vinho de jurubeba.

OBS: nunca coloque velas ou oferendas dentro de seu quarto de dormir.

Nomes dos Caboclos

Os nomes usados pelos Caboclos na Umbanda podem ser nomes indígenas de pessoas, como por exemplo: Cabocla Jurema ou podem ser referências a tribos ou troncos linguísticos, como Tupinambá.

Podem ainda referir-se a nomes simbólicos, usados na Umbanda.

Outro fato curioso sobre seus nomes é que alguns nomes de Caboclos, podem ser usados por falanges que vêm na vibração de dois ou mais Orixás, como por exemplo; o nome Cobra Coral, que pode ser encontrado na vibração de Xangô, de Oxumarê, além, é claro, da vibração de Oxóssi, patrono desta linha de entidades. 

Nomes mais comuns de Caboclos e Caboclas

  • • Caboclo Nuvem Branca
  • • Caboclo Sete Folhas Verdes
  • • Caboclo Sete Folhas da Mata Virgem
  • • Caboclo Sete Montanhas• Cabocla Araci
  • • Cabocla Brava Cabocla
  • • Cabocla Diana da Mata
  • • Cabocla Caçadora
  • • Cabocla Estrela de Cristal
  • • Cabocla Guaraciara
  • • Cabocla Indaiá
  • • Cabocla Iracema Flecheira
  • • Cabocla Itapotira
  • • Cabocla Jacira
  • • Cabocla Jandira
  • • Cabocla Jandira Flecheira
  • • Cabocla Jarina
  • • Cabocla Jupiara
  • • Cabocla Jupira
  • • Caboclo Humaitá
  • • Cabocla Jurema
  • • Cabocla Jurema do Rio
  • • Cabocla Mariana
  • • Caboclinha da Mata
  • • Caboclo Águia azul
  • • Caboclo Águia Branca
  • • Caboclo Águia da Mata
  • • Cabocla Jurema Flecheira
  • • Cabocla Juremera
  • • Cabocla Jussara
  • • Caboclo Aimberê
  • • Caboclo Aimoré Caboclo
  • • Caboclo Arruda
  • • Caboclo Beira Mar
  • • Caboclo Boiadeiro
  • • Caboclo Bororó
  • • Caboclo Arapongas
  • • Caboclo Araraguara
  • • Caboclo Araribóia
  • • Caboclo Araúna
  • • Caboclo Arranca Toco
  • • Caboclo Brogotá
  • • Caboclo Caçador
  • • Caboclo Cobra Coral
  • • Caboclo Coração da Mata
  • • Caboclo Corisco
  • • Caboclo Caramuru
  • • Caboclo Carijó
  • • Caboclo Catumbi
  • • Caboclo Cipó
  • • Caboclo da Mata
  • • Caboclo do Fogo
  • • Caboclo do Oriente
  • • Caboclo Flecheiro
  • • Caboclo Gira Mundo
  • • Caboclo Girassol
  • • Caboclo Guaraci
  • • Caboclo do Sol
  • • Caboclo do Vento
  • • Caboclo Estrela
  • • Caboclo Flecha Dourada
  • • Caboclo Flecha Ligeira
  • • Caboclo Guarani
  • • Caboclo Jurema da Mata 
  • • Caboclo Jurema do Mar
  • • Caboclo Juremero 
  • • Caboclo Laçador
  • • Caboclo Lage Grande 
  • • Caboclo Lírio Verde
  • • Caboclo Iara 
  • • Dentre vários outros

Orações

Orações ao orixá Oxóssi

1- Oração a Oxóssi e a Linha de Caboclos para começar o dia

“Meu Pai Oxóssi e toda a Linha dos Amados Caboclos

Vós que recebestes de Oxalá, o domínio das matas e florestas, reino de saúde e fartura; tragam de Vossa morada, a boa energia para meu organismo iniciar este dia!

Okê Arô! Saravá Oxóssi! Saravá a Falange dos Caboclos da Umbanda!

Inundem meu dia com Vossa sabedoria; para que eu saiba agir e, construir meus ideais com Vossa força espiritual ao meu redor.

Tal qual a leveza do vôo das aves na mata; tragam um dia de paz e harmonia a meus caminhos.

Tal qual a força e solidez das árvores da floresta, peço que envolvam meu espírito; para que eu encontre equilíbrio nas ações e emoções.

Pai Oxóssi e toda a linha dos Caboclos, tais quais os rios que cortam as matas fertilizando o solo; tragam a bênção do sucesso material, para haver fartura e prosperidade em meus caminhos.

Tais quais os raios de sol que iluminam os caminhos sombrios e revelam os perigos; iluminem meu espírito, para que eu saiba reconhecer e afastar os males de minha vida.

Protejam meu dia e meus caminhos!

Okê Arô! Saravá Oxóssi!

Saravá a Falange dos Caboclos da Umbanda!

2 – Oração a Oxóssi para ter proteção em casa

Oxóssi Meu Pai, Caçador do plano espiritual, protetor na força e na fé,

Elevo meu pensamento a Vós, para pedir por proteção para minha casa.

Com teu arco e tua flecha certeira, defendei-me das ofensas, das desgraças, da miséria, da fome e das pestes.

Protegei-me Meu Pai Oxóssi, todos os dias de minha vida!

Okê Arô!!!

3 – Poderosa Oração de Oxóssi para pedir prosperidade

Pai Oxóssi, rei das matas, dono das florestas, pedimos a força e a proteção da sua mata. 

Oriente nossos caminhos, dando a sabedoria necessária. 

Que não falte a fartura e a abundância em nosso lar. 

O pão de cada dia, se faça presente, da mesma forma que; as frutas fazem parte de sua oferenda. 

Que nós tenhamos o bálsamo em nossa vida de acordo com todas as nossas necessidades. 

Salve todos os caboclos e caboclas de luz. 

Okê Arô, Oxossi!

4 – Oração ao Arqueiro Divino, Pai Oxóssi

Arqueiro do plano astral venha em socorro espiritual.

Com destreza de caçador lance sua flecha astral, que acerte o alvo exterminando meu inimigo espiritual.

Arqueiro Divino, Pai Oxóssi! Afasta o rival que deseja o meu mal.

Lança sua flecha e protege o seu filho que reza nessa prece!

Com Sua proteção vai haver fartura e prosperidade, peço isso em meus caminhos com a Vossa permissão!

Oxóssi é “Rei da Mata” e conhece dela os caminhos, Ele desvia o malfeitor que se perde em desalinho.

Oxóssi, Arqueiro Divino, Pai e Protetor! Arqueiro, acerta o alvo e protege seu filho guerreiro!

Okê Arô!

São Sebastião Amado, dê força a seu filho desesperado.

Assim seja!

5 – Oração a Oxóssi que recebeu de Oxalá o domínio das matas

Meu pai Oxóssi!

Vós que recebestes de Oxalá o domínio das matas, de onde tiramos o oxigênio necessário á manutenção de nossas vidas durante a passagem terrena, inundai os nossos organismos com a vossa energia, para curar nos de nossos males!

Vós que sois o protetor dos Caboclos, dai-lhes a vossa força, para que possam nos transmitir toda a pujança, a coragem necessária para suportarmos as dificuldades a serem superadas!

Dai-nos paz de espírito, a sabedoria para que possamos compreender e perdoar aqueles que procuram nossos centros, nosso guias, nossos protetores, apenas por simples curiosidade, sem trazerem dentro de si um mínimo de fé.

Dai-nos paciência para suportarmos aqueles que se julgam os únicos com problemas e desejam merecer das entidades todo o tempo e atenção possível, esquecendo-se de outros irmãos mais necessitados!

Dai-nos tranqüilidade para superarmos todas as ingratidões, todas as calúnias!

Dai-nos coragem para transmitir uma palavra de alento e conforto aqueles que sofrem de enfermidades para quais, na matéria, não há cura!

Dai-nos força para repelir aqueles que desejam vinganças e querem a todo custo magoar seus semelhantes!

Dai-nos, enfim, a vossa proteção e a certeza de que quando um caboclo, num gesto de humildade, baixar até nós, ali estará a vossa vibração!

Okê Arô! Saravá Oxóssi

6 – Forte oração a Oxóssi

“Senhor das matas e da vida silvestre, neste momento, Pai, sou sua flecha.

Sou a força do seu arco, sou tudo o que é, a agilidade, a sabedoria.

Faça de mim, soberano caçador, uma pessoa de sucesso, e que haja fartura em minha casa.

Dê sabedoria para agir, paz para construir meus ideais, força para seguir sempre.

Oxossi, rei das matas, da lua, do céu azul, que seja eu leve como o pássaro que voa, livre como o cavalo que corre, forte como o carvalho na mata, direto como a sua flecha.

E que eu vença e seja feliz sempre!!!

Okê Arô, Oxóssi!!!”

Orações aos Caboclos

1 – Oração ao Caboclo 7 Flechas

“Salve Oxóssi, Rei da Mata e chefe de todos os Caboclos!

Salve Seu 7 Flechas e sua Falange Guerreira!

Peço que suas sete flechas me defendam de toda armadilha, de toda ignorância e ganância material e desproteção psíquica.

Que eu esteja sempre protegido de todo mal que me for direcionado e de tudo aquilo que não me faz bem e que eu me insisto em me apegar.

Que seu olhar penetrante queime todo o meu ódio, inveja, ciúme, orgulho, maledicência e minha mania humana em buscar a perfeição.

Que sua luz me ajude a ter compaixão pelo outro e por mim mesmo.

Que suas penas me disfarcem do inimigo e embelezem a minha vida para sempre olhar e refletir o bem.

Que assim seja e assim será!

Salve o verde das matas! Salve Oxóssi!

Salve os Caboclos! Okê Caboclos!”

2 – Oração ao Caboclo pessoal pedindo proteção

Abençoado seja meu Caboclo de Aruanda.

Faz de mim um instrumento de vosso trabalho, que eu seja vosso arco e vossa flecha.

Em momentos de tensão, a corda se esticará e o arco irá se dobrar, mas jamais irá se romper.

Ensina-me a não sucumbir diante das adversidades da vida.

Hoje o céu está tempestuoso e o ar congelante, mas o amanhã virá e com ele dias de sol e calor. 

Afaste-me do confronto com meus inimigos, mas se o choque for inevitável, que eu tenha a força e a coragem de lutar.

Afaste o medo da derrota, já que sempre há a possibilidade de um novo recomeço.

Ensina-me a arte da paciência, pois às vezes é necessário esperar um dia inteiro, até que a caça caia na armadilha.

Ensina-me a linguagem mágica das plantas, para que eu possa conhecer os mistérios da vida.

Vossa nudez é libertadora, ensina-me a andar nu, pois tenho que vestir-me todos os dias para ser uma pessoa que não reflete minha verdadeira natureza.

Meus pés descalços irão penetrar a terra, ligando-me ao grande Deus Tupã.

Faça de mim uma flecha de luz, atirando-me aonde a escuridão imperar.

Se eu ficar cansado, irei recostar-me no tronco da Jurema e adormecer coberto pelas suas folhas, ouvindo o canto dos pássaros anunciando o fim do dia.

O som da cachoeira irá embalar meus sonhos.

Quando chegar a hora da passagem, amarre minha alma na ponta da flecha, suba na mais alta montanha, estique a corda ao máximo e lance-me rumo ao infinito.

Assim Seja! Okê Caboclo! Saravá Caboclo!

3 – Oração aos Caboclos para cura, proteção e quebra de feitiços

Caboclo destemido que percorre as matas e desbrava os campos deste mundo com seu cocar e suas flechas.

Meu pai que protege as famílias, protege também a minha família, colocando, sob tua benção, tua força e tua energia curadora.

Cura com tua mão as enfermidades que nos atacam.

Retira a energia negativa e todo trabalho negativo sobre nós.

Corta, meu pai, as invejas, ciúmes, e ódio que estão presente em nossas vidas.

Com tua flecha, destrói os feitiços e demandas que nos lançam. Lava toda maldade, no mundo das cachoeiras e do mar salgado.

Protege e abençoa, colocando amor entre as famílias e a minha, abrindo nossos caminhos em todas as áreas.

Dai-nos amor, carinho e caridade, para que possamos viver conforme tua luz na proteção de Oxalá.

Que assim seja.

Okê Caboclo! Saravá Caboclo de Umbanda!

Banhos de ervas na Linha de Oxóssi e dos Caboclos de Umbanda

1 – Banho de proteção e descarrego

Ingredientes:

  • Arruda,
  • Alecrim,
  • Guiné,
  • Comigo ninguém pode; 
  • Casca de alho;
  • Fumo de Corda picado
  • uma Espada de São Jorge picada em 3 pedaços;

Modo de Fazer:

Ferver 1 litro de água, jogar todos os ingredientes na água e desligar o fogo; tampe e reserve até esfriar o suficiente para o banho;

Coe o banho antes de tomá-lo e após o banho despache as ervas restantes em um local com terra (pode ser uma praça, um jardim, uma mata ou mesmo um vaso de planta);

OBS: nunca jogar este banho na cabeça, somente do pescoço para baixo.

2 – Banho de abertura de caminhos e Prosperidade

Você vai precisar de um punhado de cada um dos ingredientes a seguir (seco ou fresco):

  • alecrim;
  • erva-doce;
  • levante (ou alevante);
  • cravo;
  • canela;
  • 1 noz-moscada picada ou moída;
  • pétalas de uma rosa branca.

Ferver 1 litro de água, jogar todos os ingredientes na água e desligar o fogo; tampe e reserve até esfriar o suficiente para o banho.

Coe o banho antes de tomá-lo e após o banho despache as ervas restantes em lixo orgânico.

OBS: nunca jogar este banho na cabeça, somente do pescoço para baixo. 

Defumações

1 – Defumação de Caboclos para fartura e saúde

Você poderá adquirir em casas de artigos de umbanda um preparado de ervas de defumação chamado “mistura sagrada”.

Adicione a essa mistura um punhado de sementes de girassol para a prosperidade e fartura do local e das pessoas que o frequentam. 

Modo de fazer :

Acenda umas pedras de carvão em uma lata ou recipiente próprio para defumação.

Jogue aos poucos a mistura de defumação em cima do carvão aceso.

Assim que começar a sair fumaça da queima das ervas, comece a defumação espiritual. 

Inicie pelos cômodos de trás do local e saia pela porta da frente ou finalize na porta de entrada.

Durante a defumação, vá pedindo com fé aos Caboclos que tragam fartura e saúde para aquele ambiente.

Depois de finalizar a defumação, faça a oração abaixo reforçando seus pedidos aos Caboclos.

Deixar o carvão apagar sozinho num canto fora da casa e despachar no lixo orgânico quando já estiver apagado.

Oração para Defumação:

Em nome de todos os Orixásdefumo minha casa, com as forças das falanges dos espíritos de luz.

Nesse momento, peço a presença dos Caboclos e das entidades da linha das matas, em nome de Oxóssi , que leve para as matas todo mal que existir nesta casa.

Que Ossaim, com o poder das folhas deste defumador, quebre as forças maléficas que por ventura existir sobre meus familiares.

Salve Cabocla Jurema!

Salve Caboclo Sultão das Matas!

Salve Caboclo Pena Branca!

2 – Defumação de Caboclos chama dinheiro e vitórias pessoais

Nesta defumação usamos um punhado de alecrim, mascavo (ou açúcar) e louro para promover limpeza; chamar dinheiro e fartura e trazer vitórias pessoais a todos aqueles que residem na casa.

Colocar em uma lata ou recipiente próprio para defumação algumas pedras de carvão e levar ao fogo até que fiquem em brasa.

Despejar sobre as brasas os ingredientes citados acima, aos poucos, para não apagarem a brasa, a medida que for avançando pelos cômodos da casa.

Começar a defumação pelos cômodos de trás do local; e sair pela porta da frente ou finalizar pela porta de entrada da casa ou apartamento.

Deixar apagar a brasa próximo a porta de saída da residência e despachar em uma mata, praça ou encruzilhada em cruz; pedindo que os Caboclos levem as más energias embora.

Depois da defumação, acender uma vela verde para os Caboclos protegerem sua residência, trazerem fartura e harmonia ao ambiente doméstico. 

Trabalhos espirituais mais comuns na Linha de Oxóssi e dos Caboclos

As Casas de Santo da Umbanda têm os Caboclos como braço direito nos trabalhos espirituais.

Tanto no desenvolvimento da mediunidade dos filhos de santo quanto no cuidado com os diversos aspectos da vida destes; e, das pessoas que vêm às casas de axé necessitados de algum tipo de ajuda.

Na linha dos Caboclos há grande força para se fazer trabalhos não só de saúde, como também para o setor financeiro,  profissional, social e em casos especiais de amor, pois são espíritos muito fortes para a abertura de caminhos e para vencer dificuldades.

Representam a força com fé, a união com solidariedade, a seriedade com amor e amizade e a proteção contra qualquer inimigo. 

Trabalhos dos Caboclos (sempre na linha branca da Umbanda):

  • trabalhos para abertura de caminhos financeiros; 
  • trabalhos para crescimento profissional e prosperidade de pessoas ou empresas; 
  • trabalhos para abertura de caminhos de modo geral; 
  • trabalhos de limpeza espiritual para locais ou pessoas;
  • trabalhos de quebra de feitiços e demandas contra pessoas, residências, empresas, etc;
  • trabalhos de proteção espiritual para pessoas, locais e empresas;
  • trabalhos de fechamento de corpo para pessoas; 
  • trabalhos para abertura de caminhos no amor;
  • trabalhos para estreitamento de laços amorosos ou afetivos; 
  • trabalhos espirituais contra vícios; dentre outros.

Descubra os orixás e entidades que regem sua vida

Se você quer descobrir orixás e entidades que acompanham você desde o nascimento, o site “Raízes Espirituais” vai revelar e ensinar como cultua-los.

  • Descobre os 3 principais orixás e como cultua-los.
  • Descobre as entidades regentes: Exú, Pombagira, Caboclo e Cabocla, Preto e Preta Velha, e como cultua-las.

Essa consulta é enviada no dia seguinte a realização feita pela mãe de santo.

Tudo sobre Oxóssi e suas homenagens

Participe; juntando-se a nossa grande corrente, tornando os trabalhos espirituais ainda mais poderosos.

Oferecemos a comodidade de entregar seus trabalhos espirituais particulares, segundo as regras e fundamentos de Umbanda, e; compartilhar as graças dessas entidades e orixás tão queridos por todos nós.

Se você desejar fazer sua oferenda a Oxóssi e a Linha dos Caboclos;  deve enviar e-mail informando seu desejo de participar.

Você deve entrar em contato por meio do botão abaixo. Na mensagem, informe seu desejo de participar das oferendas a Oxóssi e os Caboclos.

As taxas cobradas são diferenciadas, devido aos materiais utilizados nas oferendas. Enviaremos maiores informações pelo seu email.

Participe de nossas comemorações!