Sincretismo de Ewá e Santa Luzia

O sincretismo de Ewá e Santa Luzia se dá pelo domínio sobre a vidência e a homenagem a elas ocorre em 13 de dezembro, quando fiéis pedem proteção dos olhos.

Homenagem em 13 de dezembro
Homenagem em 13 de dezembro

Segundo a tradição da igreja católica, Santa Luzia foi uma jovem siciliana, venerada pelos católicos como virgem e mártir, que,  segundo conta-se, morreu por volta de 304 durante as perseguições de Diocleciano em Siracusa.

Na antiguidade cristã, juntamente com Santa CecíliaSanta Águeda e Santa Inês, a veneração à Santa Luzia foi das mais populares e, como as primeiras, tinha ofício próprio.

Santa Luzia chegou a ter vinte templos em Roma dedicados ao seu culto.

Ewá e Santa Luzia – O sincretismo

Ewá domina a vidência, atributo que o deus de todos os oráculos lhe concedeu por esta razão é sincretizada com Santa Luzia, a protetora dos olhos que é comemorada em 13 de dezembro.

Ewá e Santa Luzia são padroeiras dos oftamologistas e daqueles que têm problemas de visão.

Saiba mais sobre Ewá e Santa Luzia

3 de dezembro é “Dia de Ewá”, sincretizada com “Santa Luzia” (com oração) – No dia 13 de dezembro comemoramos o “Dia de Ewá” sincretizada pela igreja católica com “Santa Luzia” que domina a vidência assim como esta orixá.

Oração a Ewá e Oxumaré – Terça-feira é o dia de homenagear Oxumaré e por consequência o casal de gêmeos fazendo uma oração a Ewá e Oxumaré pedindo as graças de amor e riqueza.

Sagrada família da orixá Ewá – A sagrada familia da orixá Ewá é composta dos mais antigosorixás da Umbanda, sendo esta orixá associada a Santa Luzia pelos dons da clarividência.

Características da personalidade das filhas da orixá Ewá – Filhas de Ewá possuem a capacidade de lidar com espíritos e têm a sensibilidade e preocupação com o bem-estar das pessoas que amam.