Entre em contato hoje mesmo para marcar seu atendimento!

Atendemos de segunda à sexta-feira de 09:00 às 18:00h

Não fazemos atendimentos sábados, domingos e feriados.

Dia de Xangô – oferenda e simpatia para problemas na justiça

Dia 29 de junho, os terreiros de candomblé e umbanda estão em festa para homenagear o Senhor da Justiça, o poderoso orixá Xangô.

Este é o dia de um dos santos mais populares das festas juninas, São Pedro; que é sincretizado com Xangô, assim como  São João que é comemorado no dia 24 de junho .

Xangô , senhor supremo da justiça

 

As datas são determinadas pelo sincretismo religioso entre os santos da igreja católica e os orixás do candomblé.

Xangô é o senhor dos raios, trovões, cargas elétricas e do fogo.

É um orixá viril e atrevido, violento e justiceiro; castiga os mentirosos, os ladrões e os malfeitores.

Xangô, o Senhor da Justiça

Xangô é implacável quando aplica castigos. Seu raio é visto como castigo que fulmina os que não passaram pelo julgamento do senhor supremo da justiça. Da mesma forma, uma casa atingida por um raio é uma casa marcada pela fúria de Xangô.

Xangô pode ser um forte aliado em processos que estejam retidos em tribunais, onde a justiça seja aplicada corretamente, pois ele fará um exaustivo julgamento e todos os prós e os contras serão pesados por este sábio juiz.

Para aqueles que tem problemas na justiça este é o melhor dia para fazer oferendas e simpatias ao “Senhor da Justiça” pedindo misericórdia e ajuda nos processos judiciais.

Oferenda de Xangô para resolver processos na justiça

Ingredientes:

  1. 500 gramas de feijão fradinho (crú)
  2. 08 quiabos (inteiros, crús, lavados e secos)
  3. 04 velas brancas
  4. 04 velas vermelhas
  5. 08 palmas brancas (flores)
  6. 01  lata de cerveja escura (caracu)
  7. 08 folhas de couve com os talos
  8. azeite de dendê para regar

Se possível fazer a oferenda em uma pedreira, próximo a uma cachoeira, em uma mata aos pés de uma árvore, no jardim de uma praça ou no jardim de sua casa. Sempre observando o cuidado com as velas para não provocar incêndios.

Modo de fazer:

  • A couve servirá de prato para a oferenda. Colocar as folhas de couve de forma circular com os cabos para fora e colocar ao centro o feijão fradinho, com os quiabos dispostos em círculo sobre o feijão.
  • Despejar uma boa quantidade de dendê sobre o feijão e os quiabos. Abrir a lata de cerveja (não deve estar gelada) e despejar ao redor até o fim e recolher a lata para o lixo.
  • Colocar as palmas (flores) ao redor sobre a cerveja derramada no chão. Em volta de tudo colocar as velas intercalas pelas cores branca e vermelha.
  • Acender as velas ao redor da oferenda firmando o pensamento em seus pedidos para o senhor da justiça.

No caso de fazer a oferenda em seu jardim, deixar 2 dias e despachar tudo no lixo. Fazer a oferenda antes das 10 da manhã ou após às 18 horas e considerar estes horários para a retirada do jardim.

Saudação a Xangô – Kawó-Kabiesilé!

[youtube]-yliXfzWeiY?[/youtube]

Simpatia de Xangô para vencer uma injustiça feita contra você

Ingredientes:

  1. 06 folhas de mostarda
  2. 06 bananas nanicas
  3. 06 pedaços de papel virgem
  4. 03 velas brancas comuns
  5. 03 velas vermelhas comuns
  6. azeite de dendê para regar

Deixar tudo em uma pedreira ou sob uma bela árvore em uma praça pedindo a Xangô para aceitar sua simpatia  e ajudar vencer a demanda na justiça. Sempre observando o cuidado com as velas para não provocar incêndios.

Modo de fazer:

  • Colocar as folhas de mostarda como um prato para a oferenda, com o cabo para fora.
  • Colocar as bananas arrumadas em círculo descascadas pela metade.
  • Escreva nos papeis o nome de quem praticou a injustiça contra você e espete cada um enroladinho em cada banana, até que desapareça dentro dela.
  • Colocar o dendê sobre tudo fazendo um círculo.
  • Acender as velas colocando-as em forma de círculo em volta da simpatia, intercalando as vermelhas e as brancas. Cuidado para não provocar incêndios!

Elementos do culto de Xangô

  • Saudação: Kawó-Kabiesilé! (Saudação é a forma com que os Orixas são reverenciados)
  • Cores: Vermelho e Branco ou Vermelho e Marrom ou Marrom e Preto ou Marrom e Branco ou somente Marrom ou vermelho. As cores representam os Orixás, e podem variar segundo a linha religiosa
  • Dia da Semana: Quarta-Feira;
  • Elementos: Fogo, Vulcões, Tempestades, Sol, Trovões, Terremotos, Raios, criador do Culto de Egungun, senhor dos mortos, desertos e formações rochosas;
  • Ferramenta: Oxê, machado duplo de dois cortes laterais feito e esculpido em madeira ou metal;
  • Pedra: Meteorito;
  • Domínios: Justiça, Poder Estatal, Questões Jurídicas, Pedreiras;
  • Oferendas: Amalá, cágado, carneiro, e algumas vezes cabrito
  • Dança: Alujá, a roda de Xangô. São vários toques que falam de suas conquistas, seus feitos, suas mulheres e seu poder e domínio como Orixá.
  • Animais associados a Xangô: Tartaruga, Falcão, Águia, Carneiro e Leão.

Leia mais sobre os santos e orixás comemorados no mês de junho:

Santo Antônio sincretizado com Exú é o primeiro orixá homenageado em Junho

São João sincretizado com Xangô é homenageado em 24 de junho

São Pedro sincretizado com Xangô homenageado no dia 29 de junho

Exú

Xangô

Processo na justiça?

Envolvido com processos na justiça? Consulte para uma avaliação de sua situação. Encontrarei uma solução para seus problemas com a ajuda de Xangô.

Consulte sobre patuás e talismãs de Xangô para proteção das causas nos tribunais.

Caso precise de alguma orientação para trabalhos mais elaborados e causas mais difíceis que necessitem do auxílio da mãe-de-santo para realizar, entrar em contato através do e-mail makena@raizesespirituais.com.br