Entre em contato hoje mesmo para marcar seu atendimento!

Atendemos de segunda à sexta-feira de 09:00 às 18:00h

Não fazemos atendimentos sábados, domingos e feriados.

Preto Velho – Oferenda, Patuá, Oração e Poema no mês de maio

13 de Maio é o “Dia dos Pretos Velhos“, mas durante todo o mês homenageamos estes sábios conselheiros e eficazes feiticeiros do bem, participe!

13 de maioA linha de preto velho reflete a humildade, a paciência e a perseverança; apresentam-se de pés no chão, cachimbo ou cigarro de palha, café, um fio de contas de rosários (Lágrima de Nossa Senhora) cruzes, figas e patuás os quais utilizam conduzindo seus poderes magicamente em sua atuação espiritual.

Clicando aqui aprenda a fazer uma oferenda para os Pretos Velhos.

Pretos Velhos são mestres da sabedoria e da humildade. Através de suas várias experiências, em inúmeras vidas, entenderam que somente o amor constrói e une a todos, que a matéria nos permite existir e vivenciar fatos e sensações, mas que a mesma não existe por si só, nós é que a criamos para estas experiências, e que a realidade é o espírito.

Com humildade, apesar de imensa sabedoria, nos auxiliam nesta busca do crescimento e evolução espiritual, com conselhos e vibrações de amor incondicional. Também são mestres dos elementos da natureza, a qual utilizam em seus benzimentos.

Patuá de Preto Velho

Um patuá de Preto Velho pode ser utilizado para diversos fins como:

Talismãs e patuás são um conjunto de amuletos reunidos para determinado objetivo

Talismãs e patuás são um conjunto de amuletos reunidos para determinado objetivo
  1. atrair um amor
  2. afastar alguma pessoa indesejável
  3. arrumar um emprego
  4. crescimento profissional
  5. prosperidade financeira
  6. passar em concursos, passar no vestibular
  7. proteção contra mau olhado, inveja e olho gordo
  8. proteção espiritual contra  espíritos negativos
  9. cura de doenças
  10. estímulo de certos aspectos do ser que devem ser mudados ou ressaltados exemplo: timidez, sensualidade, emagrecimento, etc.

Encomende o seu patuá hoje mesmo e garanta a proteção dos Pretos Velhos durante todo o ano junto a você. Entre em contato conosco!

Oração aos Pretos Velhos no mês de maio

Faça a oração por dois domingos seguidos após as 18:00 h. Acender uma vela branca comum para os Pretos Velhos antes de iniciar a oração em cada domingo garantindo mais firmeza, concentração e iluminação para seu espírito no momento da prece.

“Meu pensamento eleva-se ao teu espírito e peço perdão.

Que tuas guias sejam o farol que norteie minha vida.

Que vossa pemba trace o caminho certo para todos os meus atos.

Que vossas palavras, tão cheias de compreensão e bondade, iluminem minha mente e meu coração.

Que teu cajado me ampare em meus tropeços.

Ontem te curvastes aos senhores…

Hoje, ajoelho-me aos teus pés pedindo que intercedas junto a Oxalá por mim e por todos que neste momento clamam por vós.

Maleme e paz sobre meu lar e que a luz divina de Obatalá se estenda pelo mundo.

E que o grito de todos os orixás sejam o sinal de vitória sobre todas as demandas de minha vida.

Maleme as almas.

Maleme para todos os meus inimigos, para que saiam do negrume da vingança.

E encontrem fonte fecunda e clara do amor e caridade.”

Poema “As sete lágrimas de um Preto Velho”

Existe um belo  poema que é atribuído aos Pretos Velhos em sua imensa sabedoria que faz uma crítica àqueles que desprezam a umbanda ou a tratam com vaidade e desdém.

“Num cantinho de um terreiro, sentado num banquinho, fumando o seu cachimbo um triste Preto Velho chorava. De seus olhos molhados, esquisitas lágrimas desciam-lhe pela face e… Foram sete.

A Primeira… A estes indiferentes que vem no Terreiro em busca de distração, para saírem ironizando aquilo que suas mentes ofuscadas não podem conceber;

A Segunda… A esses eternos duvidosos que acreditam, desacreditando, na expectativa de um milagre que os façam alcançar aquilo que seus próprios merecimentos negam;

A Terceira… Aos maus, aqueles que somente procuram a umbanda em busca de vingança, desejando sempre prejudicar ao semelhante;

A Quarta… Aos frios e calculistas, que sabem que existe uma força espiritual e procuram beneficiar-se dela de qualquer forma, e não conhecem a palavra gratidão;

A Quinta… Chega suave, tem o sorriso, o elogio da flor dos lábios, mas se olharem bem seu semblantes verão escrito: creio na Umbanda, nos teus Caboclos e no teu Zambi, mas somente se resolverem o meu caso ou me curarem disto ou daquilo;

A Sexta… Aos fúteis, que vão de centro em centro, não acreditando em nada, buscam aconchego, conchavos e seus olhos revelam um interesse diferente;

A Sétima… Como foi grande e como deslizou pesada! Foi à última lágrima, aquela que vive nos olhos de todos os Orixás. Aos médiuns vaidosos (as), que só aparecem no Centro em dia de festa e faltam as doutrinas. Esquecem que existem tantos irmãos precisando de caridade e tantas criancinhas precisando de amparo material e espiritual.”

Trabalhos Espirituais com Pretos Velhos

Para trabalhos espirituais diversos na linha de Pretos Velhos ou outras entidades entre em contato conosco.

Posts Relacionados