Quem é Ogum? Orixá da guerra e grande protetor de seus filhos

Ogum o orixá da guerra é bastante cultuado no Brasil, especialmente por ser associado à luta, à conquista. É o Orixá do Ferro, da guerra, da agricultura e da tecnologia.

 

Ogum é um grande guerreiro e sempre foi uma das figuras míticas mais invocadas. Sua função é intervir, no plano astral, nas guerras que os seres humanos não conseguem travar ou vencer na sua luta cotidiana. É também um orixá que venceu muitas batalhas por amor. Ogum é sempre um defensor ferrenho de seus filhos e está sempre disposto a nos ajudar e a defender uma justa causa.

Ogum é quem realiza a abertura de caminhos, a ordenação, o afastamento da desordem e do caos, o corte das atuações negativas. Mas tudo a partir do equilíbrio íntimo dos seres perante a Lei Divina. A primeira “batalha” que Pai Ogum nos ensina a realizar é vencer os vícios e a desordem interna. Uma vez equilibrados, podemos, então,  atrair situações e relacionamentos ordenados.

O Orixá da guerra e também senhor dos nosso caminhos

Ogum também é considerado o Senhor dos caminhos. Ele protege as pessoas em locais perigosos, dominando a rua com o auxílio de Exú. Exú é dono das encruzilhadas, assumindo a responsabilidade do tráfego, de determinar o que pode e o que não pode passar. Ogum é o dono dos caminhos, das ligações que se estabelecem entre os diferentes locais.

Lei e Justiça são interligadas. O dragão subjugado por São Jorge, que sincretiza com Ogum, representa exatamente o trabalho pela vitória sobre as nossas trevas interiores. O dragão é o símbolo da maldade, dos vícios, das negatividades, do ego exacerbado, da vaidade extrema, da ganância etc.

Vencendo “o dragão”, sob o amparo de Ogum, nós podemos atrair situações favoráveis, sob o amparo da Lei Divina. Sintonizados com essa Lei, alcançamos o amparo da Justiça do Criador. Então, os inimigos terão olhos, mãos, pés e armas, mas não conseguirão nos enxergar. Não poderão nos tocar e nem nos alcançar ou ferir, como diz um ponto cantado.

culto ao orixá da guerra

O culto a Ogum se dá as terças-feiras. É quando o “Senhor da Guerra” vem a nosso socorro nos defender das demandas e ajudar a vencer as batalhas da vida cotidiana.

Todas as danças dos filhos de Ogum têm marcações marciais, de guerra e luta.

As comidas cerimoniais a ele oferecidas costumam ser simples. Preferencialmente secas, sem molhos elaborados, feitas com o mínimo de ingredientes possível para estarem prontas rapidamente. Sem a necessidade de muitas pessoas para ajudar, nem panelas para cozinhar.

  • Dia da semana dedicado a Ogum: terça-feira
  • Comemoração anual a Ogum: 23 de abril
  • cor de velas para Ogum: toda branca, azul escura, azul clara.
  • banhos de ervas para terça-feira: banho de folha de mangueira, banho de eucalipto, banho de guiné, banho de espada de São Jorge, banho de rosa branca.
  • Saudação a Ogum: Ogunhê!
  • defumação para terça-feira: alecrim, mistura sagrada de chama dinheiro, incenso de alfazema, incenso de guiné.

saiba mais

  • Obrigação Anual Ogum-2017 – Participe das oferendas gratuitamente
  • Sorteio da estátua de São Jorge em abril de 2017 para comemorar o dia de nosso Pai Ogum – participe do sorteio gratuitamente
  • Características dos filhos de Ogum – Características dos filhos de Ogum – Os filhos de Ogum, apesar de passarem da tranquilidade para um ataque de fúria , têm comportamento extremamente coerente.

  • JÁ SABE QUAL É O SEU ORIXÁ DE CABEÇA?

    Consultar os orixás através do jogo de búzios
    Consulta aos orixás através do jogo de búzios
    Se você quer consultar sobre diversos assuntos, descobrir os orixás de cabeça que regem seus caminhos e desvendar tudo sobre seu futuro, faça hoje mesmo uma consulta com mãe Makena para uma avaliação de seus problemas através do Jogo de Búzios e Tarô. Entre em contato conosco agora mesmo!